Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

DIVINE INTENT

I would like to share some key principles from the scriptures that would help us to understand, through the lens of a holy God the blueprint of God for the consolidation of His people whether it is the local household of faith, Father/Son wineskin, a family of churches or the Body of Christ.

Following the exodus of God’s people from Egypt, in the third month, God commands Moses to gather His people at the foot of Mount Sinai where He would give Moses the Commandments and Laws that are necessary for His people to evolve into a family of God. The emergence of a Godly culture has to be undergirded and administrated by these laws, commands and instructions.

STATEMENT OF INTENT (DIVINE)

This is an expression that is often used in contractual law. Without a declaration of intent no legal transaction can be successfully completed. There is a covenant that was established at Mount Sinai.

Exodus 19:4 You have seen what I did to the Egyptians, and how I bore you on eagles’ wings and brought you to Myself. 5 Now therefore, if you will indeed obey My voice and keep My covenant, then you shall be a special treasure to Me above all people; for all the earth is Mine. 6 And you shall be to Me a kingdom of priests and a holy nation.’ These are the words which you shall speak to the children of Israel.”

Obedience to His voice and maintaining our covenantal relationship with God will cause us to be a treasure above all people; a kingdom of priests and a holy nation. This is His Divine Intent for His people concerning their identity.

ALTHOUGH GOD SPOKE TO MOSES, GOD MADE SURE THAT HIS COMMANDS WERE HEARD BY THE WHOLE CONGREGATION OF GOD’S PEOPLE.

Exodus 19:9 And the LORD said to Moses, “Behold, I come to you in the thick cloud, that the people may hear when I speak with you, and believe you forever.”

So Moses told the words of the people to the Lord. If we desire a Corporate outcome for the Body of Christ, there has to be corporate communication of Divine intent.

“That the people may believe you forever”

God is avoiding possible errors in interpretation God is fully supportive of the credibility of the One that He sends. When we speak from the scriptures, we do not need to struggle to convince people – It is the Word of God. Everyone at Mount Sinai knew what God spoke to Moses – they heard the voice of God. Everyone today knows what the Word of God says; Jesus Himself would declare “It is written”

I would like to talk about the importance of a preamble in any organization; more specifically, the preamble or the introductory statements to the giving of the Law to Moses, that would determine the basis of a covenantal relationship between God and His people.

A preamble usually contains the essential and non negotiable principles and values that would reveal the intended culture, ethos or value system of an organization. God did not expect Moses to have dialogue with the people and get back to Him with a response.

All leadership and governing models used to govern God’s people today should align themselves to these principles that are enshrined in the preamble. Any strategy that is developed by human design, that does not conform to His Word and His laws will produce lawlessness, chaos, confusion and anarchy.

The father/son wineskin also finds its inspiration in the preamble. It contributes to a Divine blueprint for the leadership of the church on the earth. When five fold graces bypass the authority and counsel of the spiritual father who represents the grace of the Eternal Father in his designated sphere, this action will produce fragmented, contentious, sectarian congregations like the household of Chloe (refer to the article)). If we apply the representative principle it will bring the integrity of the preamble into disrepute.

Spiritual fathers facilitate grace transactions and administrate the deployment of five fold grace. These graces are critical for the edification of the Lord’s church.

If we apply the representative principle of the preamble, we will conclude that no five fold grace can outrank a father in his family.

There are non negotiable barriers to entering into a covenantal relationship with a holy God. When we violate His Divine intent, concerning His Sovereignty for His family, we begin to function outside His will and His purpose.

The opening seven verses of Exodus 20, deal exclusively with God’s expectations concerning our understanding of who He is. It is imperative that all believers are able to unite and integrate around the preamble. If we violate God’s express commands in the preamble, we have willfully chosen to function outside His covenant.

What is the purpose of the preamble?

It has the inherent ability to unite and to integrate a people. It also contributes to determining the ethos or value system that would be central to the development of the culture of God’s people. It clearly specifies and identifies Almighty God as the source of sovereignty. Very importantly, for believers it has the inherent ability to build national identity in a people who were once not a people. Apostle Peter defines our identity under the New Covenant …. We are a chosen generation, a royal priesthood, a holy nation, His own special people. Once we were not a people but are now the people of God, who had not obtained mercy but now have obtained mercy

You will find the mercy of God mentioned in the preamble to the Law also. God will show mercy to thousands, to those who love Him and keep His commandments.

The first three verses of Exodus 20 reveal statements that are unshakeable. This means that as long as any household, family or institution is flying the flag of God, they are morally and ethically bound to maintain the integrity of these statements.

Exodus 20:1 And God spoke all these words, saying: 2 “I am the Lord your God, who brought you out of the land of Egypt, out of the house of bondage. 3 “You shall have no other gods before Me.

God is addressing His entire congregation. God is demanding total consecration and obedience and devotion to Him because of everything He has done in liberating His people from the place of captivity. This is non negotiable.

Jesus would be sent to the earth thousands of years later and He declared the same thing; this is not surprising; if we believe the doctrine of the Holy Trinity, you have to believe that Jesus, the Son and the Holy Spirit were right there supporting the Father at Sinai.

Jesus would make the statement by God watertight and bulletproof when He gives us a New Commandment, declaring…. “You shall love the LORD your God with all your heart, with all your soul, and with all your mind.’’

All other Egyptian deities and Egyptian ways have to be expunged from the minds and hearts of God’s people if we are going to overcome the first barrier to entry. God has supernaturally brought His people into a new place where our faithfulness in our covenant with Him and His Word will confer Divine protection and immunity over our lives.

Let me quickly add that the whole earth belongs to the Lord, including Egypt. A sovereign and Almighty God cannot possibly be intimidated by the earth or anything that He created upon the earth. God is now talking about giving His people a national identity.

Why did God declare : “I am the Lord your God”

Moses was God’s chosen vessel and instrument that God would use to bring His people out of Egypt; one of the greatest leaders of God’s people. Moses was the voice of God to the people; God’s faithful representative. God told Moses : “I will be with your mouth and teach you what you shall say.” Moses was God’s set man over Israel. The Lord said to Moses: “See, I have made you as God to Pharaoh. Yet Moses and the people must remember that it is God who enables and empowers His servants; as awesome as the miracles that Moses had done, he must always remember that it is God who makes things happen; it is God who empowers; it is God who caused the supernatural separation of the waters. It is God who brought water out of the rock….. it is God who sent the manna and the quail. Thousands of years later Jesus had to adjust the erroneous doctrine of the people who sat in the seat of Moses.

John 6:32 Then Jesus said to them, “Most assuredly, I say to you, Moses did not give you the bread from heaven, but My Father gives you the true bread from heaven.

Leaders must exercise great restraint in this area; we have been head hunted by the Lord our God to execute His laws on the earth. It is so easy to be ensnared by the seductive praises of idolatrous nations.

The lamentation in the heart of God is clearly revealed in Isaiah 30

Isaiah 30:1 “Woe to the rebellious children,” says the Lord, “Who take counsel, but not of Me, And who devise plans, but not of My Spirit, that they may add sin to sin; 2 Who walk to go down to Egypt, And have not asked My advice, To strengthen themselves in the strength of Pharaoh, And to trust in the shadow of Egypt! 3 Therefore the strength of Pharaoh. Shall be your shame, And trust in the shadow of Egypt shall be your humiliation.

Psalm 91 reveals another shadow

Believers are called to abide under the shadow of the Almighty; where His people are united around His Divine intent and expectations; when He is enshrined and positioned as the centre of the corporate assembly; when the total integrity of the preamble is factored into the building process; then that corporate assembly will also cast His shadow over the city, that brings safety, security, protection against entrapment, long life and other benefits that are mentioned in the Psalm.

I want to talk briefly about these two shadows ……

Isaiah prophesies against the backdrop of the people of God being overwhelmed by the Assyrians and having violated His Divine Intent in the preamble concerning the relationship between God and His people.

When we are not anchored to God’s Divine Intent for our lives, we will become vulnerable to the seduction of other deities.

God has noted that His people have violated the demands and therefore the integrity of the preamble. His people have profaned His instructions by received counsel from other sources; God’s people have embraced plans that are not consistent with His Word.

God is saying that His people have forsaken His counsel and have made unsanctioned visits to Egypt; wilfully choosing to place their trust in Egypt which even Sennacherib calls a broken reed. This broken reed will not only wound the people of God, it will also pierce them with many sorrows.

When God’s family are in alignment with His Divine Intent and demonstrate His nature we are able to cast a shadow in whatever environment that we find ourselves because the spirit of God has chosen us as His dwelling place.

Ten righteous men would have cast a shadow of protection over Sodom and Gomorrah.

Even two or three gathered in His Name, can cast a shadow.

All the benefits of abiding under the shadow of the Almighty are found in Psalm 91

Even the Most High, your dwelling place,

Psalms 91:1 He who dwells in the secret place of the Most High Shall abide under the shadow of the Almighty. 2 I will say of the LORD, “He is my refuge and my fortress; My God, in Him I will trust.” 3 Surely He shall deliver you from the snare of the fowler And from the perilous pestilence. 4 He shall cover you with His feathers, And under His wings you shall take refuge; His truth shall be your shield and buckler. 5 You shall not be afraid of the terror by night, Nor of the arrow that flies by day, 6 Nor of the pestilence that walks in darkness, Nor of the destruction that lays waste at noonday. 7 A thousand may fall at your side, And ten thousand at your right hand; But it shall not come near you. 8 Only with your eyes shall you look, And see the reward of the wicked.9 Because you have made the LORD, who is my refuge,

10 No evil shall befall you,

Nor shall any plague come near your dwelling;

11 For He shall give His angels charge over you,

To keep you in all your ways.

12 In their hands they shall bear you up,

Lest you dash your foot against a stone.

13 You shall tread upon the lion and the cobra,

The young lion and the serpent you shall trample underfoot.

14 “Because he has set his love upon Me, therefore I will deliver him;

I will set him on high, because he has known My name.

15 He shall call upon Me, and I will answer him;

I will be with him in trouble;

I will deliver him and honor him.

16 With long life I will satisfy him,

And show him My salvation.”

His people will “abide”. The Hebrew word for abide is “Lun”

It means to lodge, to tarry. It means to rest, to stay. It is used figuratively about Zion being a permanent place of rest

(Extracted from CWSB)

Blessings that come from abiding or remaining in rest under the shadow of the Almighty God.

• Refuge under His wings

• Fortress

• Place of immunity against dangerous pestilence and plagues

• Protection against entrapment

PROTECTION

Visualise a hen covering her chicks with her feathers.

God’s word becomes our shield and protection

We dwell in a place of NO FEAR –

We are not intimidated by the terrors of the night or the arrows that fly by day

The spirit of destruction will not come near us

It is a place where we will see the reward of the wicked.

Why?

“Because you have made the LORD, who is my refuge,

Even the Most High, your dwelling place”

In this place we have access to the protection conferred by angels over us.

The lion and the cobra we will trample underfoot

A place where we will enjoy long life

A place where we will be exalted and set on high

We can call upon Him at all times

He has set His love upon us

What do we have to do?

Abide in His shadow. If Christ is the substance then His representative company is able to cast His shadow. If we remove the tree, we will also lose its shadow.

TRADUÇÃO PORTUGUESA

(Por Rafael Nogueira Rezende)

INTENÇÃO DIVINA

Eu gostaria de compartilhar alguns princípios fundamentais das escrituras que nos ajudariam a compreender, através das lentes de um Deus santo, o projeto de Deus para a consolidação de Seu povo, seja a família local da fé, odre Pai / Filho, um família de igrejas ou o Corpo de Cristo.

Após o êxodo do povo de Deus do Egito, no terceiro mês, Deus ordena a Moisés que reúna Seu povo no pé do Monte Sinai, onde Ele daria a Moisés os Mandamentos e as Leis que são necessários para que Seu povo evolua para uma família de Deus. O surgimento de uma cultura piedosa deve ser embasado e administrado por essas leis, comandos e instruções.

DECLARAÇÃO DE INTENÇÃO (DIVINA)

Esta é uma expressão muito usada no direito contratual. Sem uma declaração de intenções, nenhuma transação legal pode ser concluída com êxito. Existe uma aliança que foi estabelecida no Monte Sinai.

Êxodo 19:4-6 ‘Vocês viram o que fiz ao Egito e como os transportei sobre asas de águias e os trouxe para junto de mim. Agora, se me obedecerem fielmente e guardarem a minha aliança, vocês serão o meu tesouro pessoal dentre todas as nações. Embora toda a terra seja minha, vocês serão para mim um reino de sacerdotes e uma nação santa’. Essas são as palavras que você dirá aos israelitas”.

A obediência à Sua voz e a manutenção de nosso relacionamento de aliança com Deus farão com que sejamos um tesouro acima de todas as pessoas; um reino de sacerdotes e uma nação sagrada. Este é o Seu Divino Intenção para o Seu povo a respeito de sua identidade.

APESAR DE DEUS FALAR A MOISÉS, DEUS TINHA CERTEZA QUE SEUS COMANDOS FORAM OUVIDOS POR TODA A CONGREGAÇÃO DO POVO DE DEUS.

Êxodo 19: 9 Disse o Senhor a Moisés: “Virei a você numa densa nuvem, a fim de que o povo, ouvindo-me falar-lhe, passe a confiar sempre em você”. Então Moisés relatou ao Senhor o que o povo lhe dissera.

Então Moisés disse as palavras do povo ao Senhor. Se desejamos um resultado corporativo para o Corpo de Cristo, deve haver comunicação corporativa da intenção Divina.

“o povo, ouvindo-me falar-lhe, passe a confiar sempre em você”

Deus está evitando possíveis erros de interpretação. Deus apoia totalmente a credibilidade daquele que Ele envia. Quando falamos nas escrituras, não precisamos lutar para convencer as pessoas – é a Palavra de Deus. Todos no Monte Sinai sabiam o que Deus falou a Moisés – eles ouviram a voz de Deus. Todos hoje sabem o que a Palavra de Deus diz; O próprio Jesus declararia “Está escrito”

Eu gostaria de falar sobre a importância de um preâmbulo em qualquer organização; mais especificamente, o preâmbulo ou as declarações introdutórias à entrega da Lei a Moisés, que determinaria a base de uma relação de aliança entre Deus e Seu povo.

Um preâmbulo geralmente contém os princípios e valores essenciais e não negociáveis que revelariam a cultura pretendida, o ethos ou o sistema de valores de uma organização. Deus não esperava que Moisés tivesse um diálogo com o povo e retornasse a Ele com uma resposta.

Todos os modelos de liderança e governo usados para governar o povo de Deus hoje devem se alinhar a esses princípios que estão consagrados no preâmbulo. Qualquer estratégia desenvolvida por projeto humano, que não esteja em conformidade com Sua Palavra e Suas leis, produzirá ilegalidade, caos, confusão e anarquia.

O odre pai / filho também encontra inspiração no preâmbulo. Contribui para um projeto Divino para a liderança da igreja na terra. Quando as graças quíntuplas contornam a autoridade e o conselho do pai espiritual que representa a graça do Pai Eterno em sua esfera designada, essa ação produzirá congregações fragmentadas e contenciosas, sectárias, como a casa de Cloe (consulte o artigo). Se aplicarmos o princípio representativo, isso prejudicará a integridade do preâmbulo.

Os pais espirituais facilitam as transações de graça e administram a implantação da graça quíntupla. Essas graças são essenciais para a edificação da igreja do Senhor.

Se aplicarmos o princípio representativo do preâmbulo, concluiremos que nenhuma graça quíntupla pode superar um pai em sua família.

Existem barreiras não negociáveis para entrar em um relacionamento de aliança com um Deus santo. Quando violamos Sua intenção divina, a respeito de Sua soberania para sua família, começamos a funcionar fora de Sua vontade e Seu propósito.

Os sete versículos iniciais de Êxodo 20 tratam exclusivamente das expectativas de Deus em relação ao nosso entendimento de quem Ele é. É imperativo que todos os crentes sejam capazes de se unir e integrar em torno do preâmbulo. Se violarmos os mandamentos expressos de Deus no preâmbulo, escolhemos deliberadamente funcionar fora de Sua aliança.

Qual é o propósito do preâmbulo?

Tem a capacidade inerente de unir e integrar um povo. Também contribui para determinar o ethos ou sistema de valores que seria central para o desenvolvimento da cultura do povo de Deus. Ele claramente especifica e identifica o Deus Todo-Poderoso como a fonte da soberania. Muito importante, para os crentes, tem a capacidade inerente de construir a identidade nacional de um povo que antes não era um povo. O Apóstolo Pedro define nossa identidade sob a Nova Aliança…. Somos uma geração escolhida, um sacerdócio real, uma nação sagrada, Seu próprio povo especial. Antes não éramos um povo, mas agora somos o povo de Deus, que não havia obtido misericórdia, mas agora obteve misericórdia

Você encontrará a misericórdia de Deus mencionada no preâmbulo da Lei também. Deus terá misericórdia de milhares, daqueles que O amam e guardam Seus mandamentos.

Os três primeiros versículos de Êxodo 20 revelam declarações inabaláveis. Isso significa que, enquanto qualquer casa, família ou instituição estiver hasteando a bandeira de Deus, eles são moral e eticamente obrigados a manter a integridade dessas declarações.

Êxodo 20:1-3 E Deus falou todas estas palavras: “Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirou do Egito, da terra da escravidão. “Não terás outros deuses além de mim.

Deus está se dirigindo a toda a sua congregação. Deus está exigindo total consagração, obediência e devoção a Ele por causa de tudo o que Ele fez para libertar Seu povo do cativeiro. Isso não é negociável.

Jesus seria enviado à terra milhares de anos depois e Ele declarou a mesma coisa; isso não é surpreendente; se acreditamos na doutrina da Santíssima Trindade, você tem que acreditar que Jesus, o Filho e o Espírito Santo estavam ali apoiando o Pai no Sinai.

Jesus faria a declaração de Deus cabal e à prova de balas quando Ele nos dá um Novo Mandamento, declarando…. “Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua mente. ”

Todas as outras divindades egípcias e costumes egípcios devem ser eliminados das mentes e corações do povo de Deus se quisermos superar a primeira barreira de entrada. Deus sobrenaturalmente trouxe Seu povo a um novo lugar onde nossa fidelidade em nossa aliança com Ele e Sua Palavra conferirá proteção Divina e imunidade sobre nossas vidas.

Deixe-me acrescentar rapidamente que toda a terra pertence ao Senhor, incluindo o Egito. Um Deus soberano e Todo-Poderoso não pode ser intimidado pela terra ou por qualquer coisa que Ele criou na terra. Deus agora está falando sobre dar ao Seu povo uma identidade nacional.

Por que Deus declarou: “Eu sou o Senhor vosso Deus”

Moisés foi o vaso e instrumento escolhido por Deus que Deus usaria para tirar Seu povo do Egito; um dos maiores líderes do povo de Deus. Moisés era a voz de Deus para o povo; Representante fiel de Deus. Deus disse a Moisés: “Eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de dizer.” Moisés foi o homem estabelecido por Deus sobre Israel. O Senhor disse a Moisés: “Veja, eu te fiz como Deus para Faraó. No entanto, Moisés e o povo devem lembrar que é Deus quem capacita e capacita Seus servos; por mais impressionantes que sejam os milagres que Moisés fez, ele deve sempre se lembrar de que é Deus quem faz as coisas acontecerem; é Deus quem dá poder; foi Deus quem causou a separação sobrenatural das águas. Foi Deus quem tirou água da rocha … foi Deus quem enviou o maná e a codorna. Milhares de anos depois, Jesus teve que ajustar a doutrina errônea do povo que estava sentado na cadeira de Moisés.

João 6:32 Declarou-lhes Jesus: “Digo-lhes a verdade: Não foi Moisés quem lhes deu pão do céu, mas é meu Pai quem lhes dá o verdadeiro pão do céu.

Os líderes devem exercer grande moderação nesta área; fomos caçados pelo Senhor nosso Deus para executar Suas leis na terra. É tão fácil ser enredado pelos louvores sedutores de nações idólatras.

A lamentação no coração de Deus é claramente revelada em Isaías 30

Isaías 30:1-3 “Ai dos filhos obstinados”, declara o Senhor, “que executam planos que não são meus, fazem acordo sem minha aprovação, para ajuntar pecado sobre pecado, que descem ao Egito sem consultar-me, para buscar proteção no poder do faraó, e refúgio na sombra do Egito. Mas a proteção do faraó lhes trará vergonha, e a sombra do Egito lhe causará humilhação.

Salmo 91 revela outra sombra

Os crentes são chamados a permanecer sob a sombra do Todo-Poderoso; onde Seu povo está unido em torno de Sua intenção e expectativas Divinas; quando Ele é consagrado e posicionado como o centro da assembléia corporativa; quando a integridade total do preâmbulo é considerada no processo de construção; então, aquela assembléia corporativa também lançará Sua sombra sobre a cidade, que traz segurança, proteção, proteção contra aprisionamento, vida longa e outros benefícios mencionados no Salmo.

Eu quero falar brevemente sobre essas duas sombras …

Isaías profetiza tendo como pano de fundo o povo de Deus sendo dominado pelos assírios e tendo violado Seu Divino Intenção no preâmbulo a respeito do relacionamento entre Deus e Seu povo.

Quando não estamos ancorados na Intenção Divina de Deus para nossas vidas, nos tornaremos vulneráveis à sedução de outras divindades.

Deus notou que Seu povo violou as exigências e, portanto, a integridade do preâmbulo. Seu povo profanou Suas instruções por conselho recebido de outras fontes; O povo de Deus abraçou planos que não são consistentes com Sua Palavra.

Deus está dizendo que Seu povo abandonou Seu conselho e fez visitas não sancionadas ao Egito; escolher voluntariamente colocar sua confiança no Egito, que até Senaqueribe chama de cana quebrada. Esta cana quebrada não só ferirá o povo de Deus, mas também o traspassará com muitas dores.

Quando a família de Deus está em alinhamento com Sua Intenção Divina e demonstra Sua natureza, somos capazes de lançar uma sombra em qualquer ambiente em que nos encontramos, porque o espírito de Deus nos escolheu como Sua morada.

Dez homens justos teriam lançado uma sombra de proteção sobre Sodoma e Gomorra.

Mesmo dois ou três reunidos em Seu Nome, podem lançar uma sombra.

Todos os benefícios de permanecer sob a sombra do Todo-Poderoso são encontrados no Salmo 91

Mesmo o Altíssimo, sua morada,

Salmo 91 Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso

pode dizer ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. Ele o livrará do laço do caçador e do veneno mortal. Ele o cobrirá com as suas penas, e sob as suas asas você encontrará refúgio; a fidelidade dele será o seu escudo protetor. Você não temerá o pavor da noite, nem a flecha que voa de dia, nem a peste que se move sorrateira nas trevas, nem a praga que devasta ao meio-dia. Mil poderão cair ao seu lado, dez mil à sua direita, mas nada o atingirá. Você simplesmente olhará, e verá o castigo dos ímpios. Se você fizer do Altíssimo o seu refúgio, nenhum mal o atingirá, desgraça alguma chegará à sua tenda. Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos; com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra. Você pisará o leão e a cobra; pisoteará o leão forte e a serpente. “Porque ele me ama, eu o resgatarei; eu o protegerei, pois conhece o meu nome. Ele clamará a mim, e eu lhe darei resposta, e na adversidade estarei com ele; vou livrá-lo e cobri-lo de honra. Vida longa eu lhe darei, e lhe mostrarei a minha salvação. “

Seu povo vai “permanecer”. A palavra hebraica para permanecer é “Lun”

Significa hospedar-se, permanecer. Significa descansar, ficar. É usado figurativamente sobre Sião sendo um lugar de descanso permanente

Bênçãos que vêm por permanecer ou permanecer em repouso sob a sombra do Deus Todo-Poderoso.

• Refúgio sob Suas asas

• Fortaleza

• Lugar de imunidade contra pestes e pragas perigosas

• Proteção contra aprisionamento

PROTEÇÃO

Visualize uma galinha cobrindo seus pintinhos com suas penas.

A palavra de Deus se torna nosso escudo e proteção

Vivemos em um lugar SEM MEDO –

Não somos intimidados pelos terrores da noite ou pelas flechas que voam durante o dia

O espírito de destruição não chegará perto de nós

É um lugar onde veremos a recompensa dos ímpios.

Por quê?

“Porque fizeste o Senhor, que é o meu refúgio,

Mesmo o Altíssimo, sua morada ”

Neste lugar temos acesso à proteção conferida pelos anjos sobre nós.

O leão e a cobra vamos pisotear

Um lugar onde desfrutaremos uma vida longa

Um lugar onde seremos exaltados e colocados no alto

Podemos invocá-lo em todos os momentos

Ele colocou Seu amor sobre nós

O que nós temos que fazer?

Permaneça em Sua sombra. Se Cristo é a substância, então Sua companhia representativa é capaz de projetar Sua sombra. Se removermos a árvore, também perderemos sua sombra.

Read Full Post »

MESSAGE BY PASTOR ALISTAIR PILLAY TO CCF INTERNATIONAL CHURCH

I speak to you as the earth is suffering under the crippling weight of this pandemic. Many believers are reviewing their understanding of the ways of God.

As we heard last week we must embrace the reality that our lives are determined by a Sovereign God. Even as much of the world is in great turmoil, God remains in complete control of all creation. We cannot question His ways.

1 John 4:14 And we have seen and testify that the Father has sent his Son to be the Savior of the world

There is no other name under heaven given among men by which we must be saved but the name of Jesus Christ.

Ephesians 2:8 For by grace you have been saved through faith, and that not of yourselves; it is the gift of God, 9 not of works, lest anyone should boast.

This morning we will discuss, briefly, the main aspects of the grace of God

There are two types of grace: Common and Special grace.

Common grace is extended to all humanity, irrespective of your religious, racial, ethnic, gender, financial or social status.

For example, the offer of salvation is made to all humanity. This is common grace.

John 3:16 For God so loved the world that He gave His only begotten Son, that whoever believes in Him should not perish but have everlasting life. 17 For God did not send His Son into the world to condemn the world, but that the world through Him might be saved.

Special grace is experienced by those who have received and accepted this offer of salvation.

Philippians 2:12 Therefore, my beloved, as you have always obeyed, not as in my presence only, but now much more in my absence, work out your own salvation with fear and trembling; 13 for it is God who works in you both to will and to do for His good pleasure. 14 Do all things without complaining and disputing, 15 that you may become blameless and harmless, children of God without fault in the midst of a crooked and perverse generation, among whom you shine as lights in the world,

Special grace is received when we collaborate with the Spirit filled Word of God after we have received Christ as our Saviour, who then conscientises us concerning our spiritual development.

These are some of the ways to attract special grace.

1. Obedience to instruction

When we are obedient to Gods instruction we receive special grace

The scriptures declare that we should meditate on His law day and night. We should not depart from it. The word of God brings strength and health to our bones.

Acceleration in the spread of this virus is through lawlessness and a total disregard for our knowledge concerning this virus. Our faith must collaborate with knowledge.

2. Having an unshakable faith in our Saviour

Even the kings of this earth must come to a place of total conviction concerning the absolute, incontestable will of an Almighty God.

2 Kings 6:27 And he said, “If the LORD does not help you, where can I find help for you? From the threshing floor or from the winepress?”

We are all in this together. God is enforcing His status as King of kings and Lord of Lords, the Omniscient, Omnipotent and Omnipresent God.

David believed the same thing. “Who can tell whether the Lord will be gracious to me?”

2 Samuel 12:22 And he said, “While the child was alive, I fasted and wept; for I said, ‘Who can tell whether the LORD will be gracious to me, that the child may live?’

3. Humility

Humility is the key for us to attracting the grace of God

James 4:6 Therefore it says God opposes the proud but gives grace to the humble

We have nothing to be proud about. We have nothing to boast about. Everything that we have comes from God. It was God who first loved us. Even the revelation we receive comes from God. Psalm 24 says that the earth and everyone who dwells in it were created by God

Colossians 3:12 Therefore, as the elect of God, holy and beloved, put on tender mercies, kindness, humility, meekness, longsuffering;

4. Will of God

Staying in the will of God, attracts the Grace of God. The will of God is directly linked to his word. If we are faithful to his word and able to live according to his word, then we attract Gods grace. The word of God is God’s revealed will for believers.

We must submit ourselves to Gods will

John 6:38 For I have come down from heaven not to do my own will but the will of Him who sent me

Even Jesus was able to submit to the will of The Father. God is also spirit. And is able to reveal His will for you by his spirit. We worship God in spirit and truth. For God’s will to be revealed to us, God has to speak to us directly

When Joseph went to his father about his dreams, the scripture says that his father kept the matter in mind. Joseph had to hear from God himself.

John 14:26 But the Helper, the Holy Spirit whom the father will send in my name, he will teach you all things and bring to your remembrance all that I have said to you.

The Holy Spirit is able to guide you in the will of God.

1 Peter 5:10 And after you have suffered a little while, the God of all Grace, who has called you to his eternal glory in Christ, will himself restore, confirm, strengthen and establish you.

Amen, even though we may be going through difficult times now we must remain obedient, humble and stay in the will of God that is revealed through His Word.

5. Grace is transmitted through His sent One, the set man of the household of faith.

Grace is attracted. There are multiple examples of this in scripture.

The widow in Zarephath had to give up her little oil and flour to make a cake for Elijah. Supernatural grace was released into the house when the widow’s economy and her son were resurrected. The grace of God is transmitted through a human vessel.

6. We can receive grace from other carriers of grace

Luke 10:33 But a certain Samaritan, as he journeyed, came where he was. And when he saw him, he had compassion. 34 So he went to him and bandaged his wounds, pouring on oil and wine; and he set him on his own animal, brought him to an inn, and took care of him. 35 On the next day, when he departed, he took out two denarii, gave them to the innkeeper, and said to him, ‘Take care of him; and whatever more you spend, when I come again, I will repay you.’ 36 So which of these three do you think was neighbor to him who fell among the thieves?”

This is the story of a man who was robbed and seriously assaulted by a band of thieves. The priest and the Levite avoided the opportunity to help this man. It was the Samaritan who released grace to him.

We pray that the God of all grace will establish and strengthen you. Blessings and great grace to you.

PORTUGUESE TRANSLATION

(Translated by Rafael Nogueira Rezende)

SOBREVIVENDO POR SUA GRAÇA

MENSAGEM DO PASTOR ALISTAIR PILLAY À IGREJA CCF INTERNACIONAL

Falo com você enquanto a Terra está sofrendo sob o peso incapacitante desta pandemia. Muitos crentes estão revisando sua compreensão dos caminhos de Deus.

Como ouvimos na semana passada, devemos aceitar a realidade de que nossas vidas são determinadas por um Deus Soberano. Mesmo com grande parte do mundo em grande turbulência, Deus permanece no controle completo de toda a criação. Não podemos questionar Seus caminhos.

1 João 4:14 E vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho para ser o Salvador do mundo.

Não há nenhum outro nome sob o céu dado entre os homens pelo qual devamos ser salvos, mas o nome de Jesus Cristo.

Efésios 2:8-9 Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.

Esta manhã vamos discutir, brevemente, os principais aspectos da graça de Deus

Existem dois tipos de graça: graça comum e graça especial.

A graça comum é estendida a toda a humanidade, independentemente de sua condição religiosa, racial, étnica, de gênero, financeira ou social.

Por exemplo, a oferta de salvação é feita a toda a humanidade. Esta é a graça comum.

João 3:16-17 Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele.

Graça especial é experimentada por aqueles que receberam e aceitaram esta oferta de salvação.

Filipenses 2:12 Assim, meus amados, como sempre vocês obedeceram, não apenas em minha presença, porém muito mais agora na minha ausência, ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele. Façam tudo sem queixas nem discussões, para que venham a tornar-se puros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração corrompida e depravada, na qual vocês brilham como estrelas no universo,

Uma graça especial é recebida quando colaboramos com a Palavra de Deus cheia do Espírito depois de termos recebido Cristo como nosso Salvador, que então nos conscientiza quanto ao nosso desenvolvimento espiritual.

Essas são algumas das maneiras de atrair graça especial.

1. OBEDIÊNCIA A INSTRUÇÃO

Quando somos obedientes às instruções de Deus, recebemos uma graça especial

As escrituras declaram que devemos meditar em Sua lei dia e noite. Não devemos nos afastar disso. A palavra de Deus traz força e saúde aos nossos ossos.

A aceleração da propagação deste vírus ocorre devido à ilegalidade e um total desprezo pelo nosso conhecimento sobre este vírus. Nossa fé deve colaborar com o conhecimento.

2. TER UMA FÉ INABALÁVEL EM NOSSO SALVADOR

Até mesmo os reis desta terra devem chegar a um lugar de total convicção sobre a vontade absoluta e incontestável de um Deus Todo-poderoso.

2 Reis 6:27 O rei respondeu: “Se o Senhor não socorrê-la, como poderei ajudá-la? Acaso há trigo na eira ou vinho no lagar? “

Nós estamos todos juntos nisso. Deus está reforçando Seu status como Rei dos reis e Senhor dos Senhores, o Deus Onisciente, Onipotente e Onipresente.

Davi acreditava na mesma coisa. “Quem pode dizer se o Senhor será misericordioso comigo?”

2 Samuel 12:22 Ele respondeu: “Enquanto a criança ainda estava viva, jejuei e chorei. Eu pensava: ‘Quem sabe? Talvez o Senhor tenha misericórdia de mim e deixe a criança viver’.

3. HUMILDADE

A humildade é a chave para atrairmos a graça de Deus

Tiago 4:6 Mas ele nos concede graça maior. Por isso diz a Escritura: “Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes”.

Não temos nada do que nos orgulhar. Tudo o que temos vem de Deus. Foi Deus quem nos amou primeiro. Até a revelação que recebemos vem de Deus. O Salmo 24 diz que a terra e todos os que nela habitam foram criados por Deus

Colossenses 3:12 Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência.

4. VONTADE DE DEUS

Permanecendo na vontade de Deus, atrai a Graça de Deus. A vontade de Deus está diretamente ligada à sua palavra. Se formos fiéis à sua palavra e formos capazes de viver de acordo com a sua palavra, atrairemos a graça de Deus. A palavra de Deus é a vontade revelada de Deus para os crentes.

Devemos nos submeter à vontade de Deus

João 6:38 Pois desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas para fazer a vontade daquele que me enviou.

Até mesmo Jesus foi capaz de se submeter à vontade do pai. Deus também é espírito. E é capaz de revelar Sua vontade para você por meio de seu espírito. Adoramos a Deus em espírito e verdade. Para que a vontade de Deus seja revelada a nós, Deus tem que falar conosco diretamente

Quando José conversou com seu pai sobre seus sonhos, a escritura diz que seu pai manteve o assunto em mente. José teve que ouvir o próprio Deus.

João 14:26 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse.

O Espírito Santo pode guiá-lo na vontade de Deus.

1 Pedro 5:10 O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces.

Amém, mesmo que estejamos passando por momentos difíceis agora devemos permanecer obedientes, humildes e permanecer na vontade de Deus que é revelada através de Sua Palavra.

5. A GRAÇA É TRANSMITIDA POR MEIO DE SEU ENVIADO, O HOMEM ESTABELECIDO DA FAMÍLIA DA FÉ

A graça é atraída. Existem vários exemplos disso nas escrituras.

A viúva de Sarepta teve que abrir mão de seu pouco de azeite e farinha para fazer um bolo para Elias. Graça sobrenatural foi liberada na casa quando a economia da viúva e seu filho foram ressuscitados. A graça de Deus é transmitida por meio de um vaso humano.

6. Podemos receber graça de outros portadores da graça

Lucas 10: 33Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou perto dele e, vendo-o, encheu-se de compaixão; 34 e aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; e pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem e cuidou dele. 35 No dia seguinte tirou dois denários, deu-os ao hospedeiro e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que gastares a mais, eu to pagarei quando voltar. 36 Qual, pois, destes três te parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores?

Esta é a história de um homem que foi roubado e seriamente agredido por um bando de ladrões. O sacerdote e o levita evitaram a oportunidade de ajudar esse homem. Foi o samaritano quem concedeu graça a ele.

Oramos para que o Deus de toda a graça os estabeleça e fortaleça. Bênçãos e grande graça para você.

Read Full Post »

We are all suffering under the weight of this pandemic – it is affecting everyone and everything. It does not appear to discriminate on the basis of our faith, race or social status.

It is also eroding the faith of many believers.

Although God has answered many of our prayers; however, concerning this pandemic, it would appear that God is not listening to the prayers of the saints. There is widespread grief and mourning. There has never been a time such as this where the sovereignty of God has been so clearly demonstrated.

For those who have experienced loss, I would like to encourage you in understanding the Sovereignty of God; that His will overrides and supercedes our best laid plans and expectations.

The will of God is clearly demonstrated in the life of David.

2 Samuel 12:15 Then Nathan departed to his house. And the LORD struck the child that Uriah’s wife bore to David, and it became ill. 16 David therefore pleaded with God for the child, and David fasted and went in and lay all night on the ground. 17 So the elders of his house arose and went to him, to raise him up from the ground. But he would not, nor did he eat food with them.

Nathan, the prophet disclosed the will of God to David concerning his son with Bathsheba. The will of God is that the child dies. Even though David pleaded for the life of the child, fasted and prayed, lay all night on the ground, refusing to be consoled, God’s sovereign will did not change.

2 Samuel 12:19 When David saw that his servants were whispering, David perceived that the child was dead. Therefore David said to his servants, “Is the child dead?” And they said, “He is dead.” 20 So David arose from the ground, washed and anointed himself, and changed his clothes; and he went into the house of the LORD and worshiped. Then he went to his own house; and when he requested, they set food before him, and he ate. 21 Then his servants said to him, “What is this that you have done? You fasted and wept for the child while he was alive, but when the child died, you arose and ate food.” 22 And he said, “While the child was alive, I fasted and wept; for I said, ‘Who can tell whether the LORD will be gracious to me, that the child may live?’ 23 But now he is dead; why should I fast? Can I bring him back again? I shall go to him, but he shall not return to me.”

After the child died, we see a complete change in the position of David. He washed and anointed himself, he changed his clothes, entered the house of the Lord and worshipped. When David accepted the will of God that his son must die, his disposition and attitude changed. He entered the house of the Lord to worship.

Paul explains this truth to the Ephesians …….

Ephesians 1:11 In Him also we have obtained an inheritance, being predestined according to the purpose of Him who works all things according to the counsel of His will,

The Word of God is a revelation of the revealed will of God. A violation of His Word is a violation of His revealed will.

“All things” refers to everything that exists. All things were created by the will of God. The hardest thing is to understand the counsel of His will.

James exposes our innermost thoughts concerning our well laid plans and goals. Many of us had great plans in place for 2019 –

The will of God, however, demanded that we go into our homes and isolate ourselves, at a time when our own plans demanded greater interaction, collaboration and fellowship – God’s supreme, incontestable will demanded isolation, and keeping our hands washed and clean – and when we had to venture out – social distancing

James 4:13 Come now, you who say, “Today or tomorrow we will go to such and such a city, spend a year there, buy and sell, and make a profit”; 14 whereas you do not know what will happen tomorrow. For what is your life? It is even a vapor that appears for a little time and then vanishes away. 15 Instead you ought to say, “If the Lord wills, we shall live and do this or that.” 16 But now you boast in your arrogance. All such boasting is evil.

Once again we see that a Sovereign God will disrupt all our plans to ensure that His plans and His will for our lives is prioritised.

Job informs us that in God’s hand is the life of every living thing, And the breath of all mankind

We boast about our long term planning.

God calls that evil. We are not saying that planning and strategising is futile; we are saying that we must prepare our hearts to accept the incontestable will of God even if it is contrary to our own plans. God expects us to trust Him in every moment of every day

The life of a tiny little bird, the sparrow is in the hands of God

Matthew 10:29 Are not two sparrows sold for a copper coin? And not one of them falls to the ground apart from your Father’s will. 30 But the very hairs of your head are all numbered. 31 Do not fear therefore; you are of more value than many sparrows.

God as the creator of heaven and earth has the absolute, incontestable right and full authority to do or allow whatever He desires. He does not make random, knee jerk decisions; He does not wait to see how things will turn out – He knows how things will turn out before they do. God does not have an alternate plan for an emergency. He knows the end of a matter. Job declares that our days on the earth are determined by the Lord, that the number of our months is with God who has appointed our limits, so that we cannot pass. His predetermined will overrides and supercedes our best laid plans and noble intentions. Jesus asks :

Matthew 6:27 Can any one of you by worrying add a single hour to your life?

GOD MANIFESTS HIS WILL THROUGH HUMAN COLLABORATION

God works in collaboration with human actions to bring His will or His desired outcome to pass. God does not function mystically.

Our acceptance of the Sovereignty of God, must not bring us to a place where we regard prayers as unnecessary. This would be a tragic misunderstanding of the Sovereignty of God.

This is clearly demonstrated in the life of King Hezekiah who prayed to God for a reprieve from his impending death. God had to recommission His prophet to return to Hezekiah and inform him that God has heard his prayers and that 15 years would be added to his life.

2 Kings 20:5 “Return and tell Hezekiah the leader of My people, ‘Thus says the LORD, the God of David your father: “I have heard your prayer, I have seen your tears; surely I will heal you. On the third day you shall go up to the house of the LORD.

The vision that the prophet Jeremiah had at the potter’s house related to God’s willingness and His enduring mercy to “make Israel again” ….. to reform His people …. to remove their pre existing condition – to renew His people. This process to reform His people is accomplished through His Word. We must always be open to receive His Word

As believers we must know at all times that we are in the hands of a merciful God. It is well within our ability to acknowledge our errors; we have all sinned and fallen short; we are able repent and reset; we are able to realign ourselves to His purposes and His will.

God bless you.

TRADUÇÃO PORTUGUESA
(Traduzido por Rafael Nogueira)

SOBERANA VONTADE DE DEUS

Todos estamos sofrendo com o peso desta pandemia – ela está afetando tudo e todos. Não parece discriminar com base em nossa fé, raça ou posição social.

Também está corroendo a fé de muitos crentes.

Embora Deus tenha respondido a muitas de nossas orações; no entanto, em relação a esta pandemia, parece que Deus não está ouvindo as orações dos santos. O luto e a dor são generalizados. Nunca houve um tempo como este em que a soberania de Deus fosse tão claramente demonstrada.

Para aqueles que passaram por perdas, gostaria de encorajá-los a compreender a Soberania de Deus; que Sua vontade anula e supera nossos melhores planos e expectativas.

A vontade de Deus é claramente demonstrada na vida de Davi.

2 Samuel 12:15-17 Depois que Natã foi para casa, o Senhor fez adoecer o filho que a mulher de Urias dera a Davi. E Davi implorou a Deus em favor da criança. Ele jejuou e, entrando em casa, passou a noite deitado no chão. Os oficiais do palácio tentaram fazê-lo levantar-se do chão, mas ele não quis, e recusou comer.

Natã, o profeta revelou a vontade de Deus a Davi a respeito de seu filho com Bate-Seba. A vontade de Deus foi a morte da criança. Embora Davi tenha implorado pela vida da criança, jejuado e orado, deitado a noite toda no chão, recusando-se a ser consolado, a vontade soberana de Deus não mudou.

2 Samuel 12:19-23 Davi, percebendo que seus conselheiros cochichavam entre si, compreendeu que a criança estava morta e perguntou: “A criança morreu? ” “Sim, morreu”, responderam eles.Então Davi levantou-se do chão, lavou-se, perfumou-se e trocou de roupa. Depois entrou no santuário do Senhor e adorou. E voltando ao palácio, pediu que lhe preparassem uma refeição e comeu.Seus conselheiros lhe perguntaram: “Por que ages assim? Enquanto a criança estava viva, jejuaste e choraste; mas, agora que a criança está morta, te levantas e comes! “Ele respondeu: “Enquanto a criança ainda estava viva, jejuei e chorei. Eu pensava: ‘Quem sabe? Talvez o Senhor tenha misericórdia de mim e deixe a criança viver’.Mas agora que ela morreu, por que deveria jejuar? Poderia eu trazê-la de volta à vida? Eu irei até ela, mas ela não voltará para mim”.

Depois que a criança morreu, vemos uma mudança completa na posição de Davi. Ele se lavou e se ungiu, trocou de roupa, entrou na casa do Senhor e adorou. Quando Davi aceitou a vontade de Deus de que seu filho morresse, sua disposição e atitude mudaram. Ele entrou na casa do Senhor para adorar.

Paulo explica esta verdade aos Efésios…

Efésios 1:11 Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade,

A Palavra de Deus é uma revelação da vontade revelada de Deus. Uma violação de Sua Palavra é uma violação de Sua vontade revelada.

“Todas as coisas” se refere a tudo o que existe. Todas as coisas foram criadas pela vontade de Deus. O mais difícil é entender o conselho de Sua vontade.

Tiago expõe nossos pensamentos mais íntimos sobre nossos planos e objetivos bem definidos. Muitos de nós tínhamos grandes planos para 2020.

A vontade de Deus, no entanto, exigia que entrássemos em nossas casas e nos isolássemos, em um momento em que nossos próprios planos exigiam maior interação, colaboração e companheirismo – a vontade suprema e incontestável de Deus exigia isolamento e manter nossas mãos lavadas e limpas – e quando tivemos que nos aventurar – distanciamento social.

Tiago 4:13-16 Ouçam agora, vocês que dizem: “Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro”. Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: “Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo”. Agora, porém, vocês se vangloriam das suas pretensões. Toda vanglória como essa é maligna.

Mais uma vez, vemos que um Deus Soberano interromperá todos os nossos planos para garantir que Seus planos e Sua vontade para nossas vidas sejam priorizados.

Jó nos informa que nas mãos de Deus está a vida de todos os seres vivos, e o sopro de toda a humanidade

Nos orgulhamos de nosso planejamento de longo prazo.

Deus chama isso de mal. Não estamos dizendo que o planejamento e a estratégia são fúteis; estamos dizendo que devemos preparar nosso coração para aceitar a vontade incontestável de Deus, mesmo que seja contrária aos nossos próprios planos. Deus espera que confiemos nele em todos os momentos de cada dia.

A vida de um pequeno passarinho, o pardal está nas mãos de Deus

Mateus 10:29-31 Não se vendem dois pardais por uma moedinha? Contudo, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês. Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais!

Deus, como o criador do céu e da terra, tem o direito absoluto e incontestável e plena autoridade para fazer ou permitir o que Ele deseja. Ele não toma decisões aleatórias e instintivas; Ele não espera para ver como as coisas vão acabar – Ele sabe como as coisas vão acabar antes que elas acabem. Deus não tem um plano alternativo para uma emergência. Ele sabe o fim de um assunto. Jó declara que nossos dias na terra são determinados pelo Senhor, que o número de nossos meses está com Deus, que estabeleceu nossos limites, para que não possamos passar. Sua vontade predeterminada anula e substitui nossos melhores planos e nobres intenções. Jesus pergunta:

Mateus 6:27 Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?

DEUS MANIFESTA SUA VONTADE ATRAVÉS DA COLABORAÇÃO HUMANA

Deus trabalha em colaboração com as ações humanas para realizar a Sua vontade ou o resultado desejado. Deus não funciona misticamente.

Nossa aceitação da Soberania de Deus não deve nos levar a um lugar onde consideramos as orações desnecessárias. Isso seria um trágico mal-entendido da Soberania de Deus.

Isso é claramente demonstrado na vida do rei Ezequias, que orou a Deus por uma suspensão de sua morte iminente. Deus teve que recomissionar Seu profeta para retornar a Ezequias e informá-lo de que Deus ouviu suas orações e que 15 anos seriam acrescentados à sua vida.

2 Reis 20: 5 “Volte e diga a Ezequias, líder do meu povo: ‘Assim diz o Senhor, Deus de Davi, seu predecessor: Ouvi sua oração e vi suas lágrimas; eu o curarei. Daqui a três dias você subirá ao templo do Senhor.

A visão que o profeta Jeremias teve na casa do oleiro relacionou-se com a vontade de Deus e Sua misericórdia duradoura para “fazer Israel novamente” … para reformar Seu povo … para remover sua condição preexistente – para renovar Seu povo. Este processo para reformar Seu povo é realizado por meio de Sua Palavra. Devemos estar sempre abertos para receber Sua Palavra

Como crentes, devemos saber sempre que estamos nas mãos de um Deus misericordioso. Está bem dentro de nossa capacidade reconhecer nossos erros; todos nós pecamos e fracassamos; somos capazes de nos arrepender e reiniciar; somos capazes de nos realinhar aos Seus propósitos e Sua vontade.

Deus te abençoe.

Read Full Post »

Read Full Post »

The ultimate, greatest, purest , undefiled Temple – The Tabernacle who is Christ and His Body of believers

THE DESTRUCTION OF JERUSALEM

2 Kings 25:8-10
8 And in the fifth month, on the seventh day of the month (which was the nineteenth year of King Nebuchadnezzar king of Babylon), Nebuzaradan the captain of the guard, a servant of the king of Babylon, came to Jerusalem. 9 He burned the house of the LORD and the king’s house; all the houses of Jerusalem, that is, all the houses of the great, he burned with fire. 10 And all the army of the Chaldeans who were with the captain of the guard broke down the walls of Jerusalem all around.

The destruction of the Temple of Solomon and Jerusalem by the captain of the guard of King Nebuchadnezzar and his men was indeed one of the darkest days in the history of Israel; yet at the same time, thousands of years later, it would prove to be a singular, defining moment in the global advancement of the culture of God’s beloved people, the genesis of the diaspora.

Isaiah prophesied a century before the actual destruction about the invincibility of Jerusalem as the city of God. This city was full of idolatry, worshipping God with their lips, but their hearts were far from God. They were at ease in the midst of prosperity, great wealth, the splendor, beauty, majesty and grandeur of the Temple of Solomon; they totally neglected the prosperity of their souls.

Isaiah 33:20 Look upon Zion, the city of our appointed feasts; Your eyes will see Jerusalem, a quiet home. A tabernacle that will not be taken down; Not one of its stakes will ever be removed,Nor will any of its cords be broken.

Both Micah (Micah 3:12) and Jeremiah prophesied the destruction of Jerusalem and the Temple.

Jeremiah 26:2 “Thus says the LORD: ‘Stand in the court of the LORD’s house, and speak to all the cities of Judah, which come to worship in the LORD’s house, all the words that I command you to speak to them. Do not diminish a word. 3 Perhaps everyone will listen and turn from his evil way, that I may relent concerning the calamity which I purpose to bring on them because of the evil of their doings.’ 4 And you shall say to them, ‘Thus says the LORD: “If you will not listen to Me, to walk in My law which I have set before you, 5 to heed the words of My servants the prophets whom I sent to you, both rising up early and sending them (but you have not heeded), 6 then I will make this house like Shiloh, and will make this city a curse to all the nations of the earth.” 7 So the priests and the prophets and all the people heard Jeremiah speaking these words in the house of the LORD. 8 Now it happened, when Jeremiah had made an end of speaking all that the LORD had commanded him to speak to all the people, that the priests and the prophets and all the people seized him, saying, “You will surely die! 9 Why have you prophesied in the name of the LORD, saying, ‘This house shall be like Shiloh, and this city shall be desolate, without an inhabitant’?” And all the people were gathered against Jeremiah in the house of the LORD. 10 When the princes of Judah heard these things, they came up from the king’s house to the house of the LORD and sat down in the entry of the New Gate of the LORD’s house. 11 And the priests and the prophets spoke to the princes and all the people, saying, “This man deserves to die! For he has prophesied against this city, as you have heard with your ears.” 12 Then Jeremiah spoke to all the princes and all the people, saying: “The LORD sent me to prophesy against this house and against this city with all the words that you have heard. 13 Now therefore, amend your ways and your doings, and obey the voice of the LORD your God; then the LORD will relent concerning the doom that He has pronounced against you. 14 As for me, here I am, in your hand; do with me as seems good and proper to you. 15 But know for certain that if you put me to death, you will surely bring innocent blood on yourselves, on this city, and on its inhabitants; for truly the LORD has sent me to you to speak all these words in your hearing.” 16 So the princes and all the people said to the priests and the prophets, “This man does not deserve to die. For he has spoken to us in the name of the LORD our God.”

The prophetic voice does not diminish with intimidation. Both Micah (Chapter 4) and Jeremiah prophesy hope to the people of God if they embrace the call of God for a national reformation in the hearts of God’s people. A rending of hearts (internal reconfiguration) rather than an external exhibition of mourning, by the tearing of their garments (Joel 2:13)

The prophet Jeremiah declares this reformation as the solution to the crisis in the city.

Jeremiah 26:13 Now therefore, amend your ways and your doings, and obey the voice of the LORD your God; then the LORD will relent concerning the doom that He has pronounced against you. 14 As for me, here I am, in your hand; do with me as seems good and proper to you.

It is my view that God hardened the hearts of His people. God broke the hedge, and allowed His people to be plundered and debased by their enemies. It is also my view, like I declared at the beginning, that this was the only way God would enlargen the footprint of the knowledge of the Glory of the Lord to fill the whole earth (Habakkuk 2:14). Today Judaism is practiced in the majority of the nations of the world.

Jeremiah surveys the destruction of the beloved city Jerusalem, and he was clearly dismayed at the scale of the devastation.

Lamentations 1:1 How lonely sits the city that was full of people! How like a widow is she, Who was great among the nations! The princess among the provinces Has become a slave! 2 She weeps bitterly in the night, Her tears are on her cheeks; Among all her lovers she has none to comfort her. All her friends have dealt treacherously with her; They have become her enemies. 3 Judah has gone into captivity, Under affliction and hard servitude; She dwells among the nations, She finds no rest; All her persecutors overtake her in dire straits. 4 The roads to Zion mourn Because no one comes to the set feasts. All her gates are desolate; Her priests sigh, Her virgins are afflicted, And she is in bitterness. 5 Her adversaries have become the master, Her enemies prosper; For the LORD has afflicted her because of the multitude of her transgressions. Her children have gone into captivity before the enemy.

This present health pandemic and lockdown has brought home to roost a precious revelation. In the midst of this devastation, with the Temple, the Glory of Israel, in ashes and ruins, God continues to speak to His servants. God demonstrates in a way that is beyond a shadow of doubt that God does not need a building to speak. God does not need an orchestra, singers or musicians to assist Him to declare His Word to His servants. He is Almighty, Sovereign God and He will use His servants as conduits to declare His intents and purposes. God speaks His promises through His prophet regarding the plans to give His beloved people a hope and a future; plans to prosper His people and not to position them in harm’s way.

CHRIST JESUS IS OUR SPIRITUAL HABITAT AND TABERNACLE

Acts 17:28 for in Him we live and move and have our being, as also some of your own poets have said, ‘For we are also His offspring.’ 29 Therefore, since we are the offspring of God, we ought not to think that the Divine Nature is like gold or silver or stone, something shaped by art and man’s devising. 30 Truly, these times of ignorance God overlooked, but now commands all men everywhere to repent, 31 because He has appointed a day on which He will judge the world in righteousness by the Man whom He has ordained. He has given assurance of this to all by raising Him from the dead.”

THE BELIEVER IS ALSO THE SPIRITUAL TEMPLE OF GOD

2 Corinthians 6:14 Do not be unequally yoked together with unbelievers. For what fellowship has righteousness with lawlessness? And what communion has light with darkness? 15 And what accord has Christ with Belial? Or what part has a believer with an unbeliever? 16 And what agreement has the temple of God with idols? For you are the temple of the living God. As God has said: “I will dwell in them And walk among them. I will be their God, And they shall be My people.”

THE BODY OF CHRIST IN THE CITY

THE BODY OF CHRIST IN THE CITY, THE CORPORATE CHURCH, WHERE SONS OF GOD EMERGE AS THE VISIBLE EXPRESSION OF THE NATURE AND IMAGE OF CHRIST

This is a revelation of the New Jerusalem that John had of this city descending from above, from the heart and mind of God. All things are made new.

Revelation 21:1 Now I saw a new heaven and a new earth, for the first heaven and the first earth had passed away. Also there was no more sea. 2 Then I, John, saw the holy city, New Jerusalem, coming down out of heaven from God, prepared as a bride adorned for her husband. 3 And I heard a loud voice from heaven saying, “Behold, the tabernacle of God is with men, and He will dwell with them, and they shall be His people. God Himself will be with them and be their God. 4 And God will wipe away every tear from their eyes; there shall be no more death, nor sorrow, nor crying. There shall be no more pain, for the former things have passed away.” 5 Then He who sat on the throne said, “Behold, I make all things new.” And He said to me, “Write, for these words are true and faithful.”

Important Note

We do not despise the houses of worship that are built with human hands. Our intention is to reveal the greater, spiritual Temple that the Lord has formed and is presently forming.

A MIGRAÇÃO DO TEMPLO

(Traduzido por Rafael Nogueira Rezende)

O último, maior, mais puro e imaculado Templo – O Tabernáculo que é Cristo e Seu Corpo que são os crentes.

A DESTRUIÇÃO DE JERUSALÉM

2 Reis 25: 8 E no quinto mês, no sétimo dia do mês, o qual é o décimo nono ano do rei Nabucodonosor, rei de Babilônia, veio Nebuzaradã, capitão da guarda, um servo do rei de Babilônia, até Jerusalém;  9 e ele queimou a casa do SENHOR, e a casa do rei, e todas as casas de Jerusalém, e a casa de todo homem distinto ele queimou com fogo. 10 E todo o exército dos caldeus, que estava com o capitão da guarda, pôs abaixo os muros ao redor de Jerusalém.

A destruição do Templo de Salomão e Jerusalém pelo capitão da guarda do rei Nabucodonosor e seus homens foi de fato um dos dias mais sombrios da história de Israel; mas, ao mesmo tempo, milhares de anos depois, provaria ser um momento singular e definidor no avanço global da cultura do povo amado de Deus, a gênese da diáspora.

Isaías profetizou um século antes da destruição real sobre a invencibilidade de Jerusalém como a cidade de Deus. Esta cidade estava cheia de idolatria, adorando a Deus com os lábios, mas seus corações estavam longe de Deus. Eles estavam à vontade em meio à prosperidade, grande riqueza, o esplendor, a beleza, a majestade e a grandeza do Templo de Salomão; eles negligenciaram totalmente a prosperidade de suas almas.

Isaías 33:20 Considera Sião, a cidade de nossas solenidades; teus olhos verão Jerusalém, uma calma habitação, um tabernáculo que não será desmontado. Nenhuma das estacas daquele lugar será jamais removida, nem qualquer uma das cordas dali será partida.

Tanto Miquéias (Miquéias 3:12) quanto Jeremias profetizaram a destruição de Jerusalém e do Templo.

Jeremias 26:2 Assim diz o SENHOR: Permanece no átrio da casa do SENHOR, e fala para todas as cidades de Judá, que chegam para adorar na casa do SENHOR, todas as palavras que eu ordenar que lhes digas; não retires uma palavra. 3 Se acontecer deles ouvirem, e voltar cada homem do seu mau caminho, que eu possa arrepender-me do mal que eu planejo trazer sobre eles, por causa da maldade dos seus feitos. 4 E tu lhes dirás: Assim diz o SENHOR: Se vós não me escutardes, para andar na minha lei, que eu tenho colocado perante vós; 5 para ouvir as palavras dos meus servos, os profetas, a quem eu vos enviei, tanto madrugando quanto os enviando, porém vós não escutastes, 6 então eu farei esta casa como Siló, e farei desta cidade uma maldição para todas as nações da terra. 7 Assim os sacerdotes e os profetas, e todo o povo, ouviram Jeremias falando estas palavras na casa do SENHOR. 8 Então sucedeu que, quando Jeremias terminou de falar tudo que o SENHOR lhe ordenara falar para todo o povo, os sacerdotes e os profetas e todo o povo, o agarraram, dizendo: Tu certamente morrerás. 9 Por que tu profetizaste no nome do SENHOR, dizendo: Esta casa será como Siló, e esta cidade será desolada sem um habitante? E todo o povo estava reunido contra Jeremias na casa do SENHOR. 10 Quando os príncipes de Judá ouviram estas coisas, subiram da casa do rei para a casa do SENHOR, e assentaram-se na entrada do portão novo da casa do SENHOR. 11 Então, falaram os sacerdotes e os profetas para os príncipes e para todo o povo, dizendo: Este homem é digno de morte, pois ele profetizou contra esta cidade, como ouvistes com os vossos ouvidos. 12 Então, Jeremias falou para todos os príncipes e para todo o povo, dizendo: O SENHOR enviou-me para profetizar contra esta casa e contra esta cidade todas as palavras que vós ouviste. 13 Portanto agora emendai vossos caminhos e vossos feitos, e obedecei a voz do SENHOR vosso Deus, e o SENHOR se arrependerá do mal que pronunciou contra vós. 14 Quanto a mim, eis que eu estou em vossa mão. Fazei comigo como parecer bem e a vós satisfizer. 15 Porém, sabei com certeza que, se me matardes, trareis certamente sangue inocente sobre vós, e sobre esta cidade, e sobre os seus habitantes, porque certamente o SENHOR me enviou até vós para falar todas estas palavras aos vossos ouvidos. 16 Então disseram os príncipes e todo o povo para os sacerdotes e para os profetas: Este homem não é digno de morte, pois ele nos falou em nome do SENHOR nosso Deus.

A voz profética não diminui com a intimidação. Tanto Miquéias (Capítulo 4) quanto Jeremias profetizam esperança para o povo de Deus se aceitarem o chamado de Deus para uma reforma nacional nos corações do povo de Deus. Uma dilaceração de corações (reconfiguração interna) ao invés de uma exibição externa de luto, pelo rasgo de suas vestes (Joel 2:13)

O profeta Jeremias declara essa reforma como a solução para a crise na cidade.

Jeremias 26:13 Portanto agora emendai vossos caminhos e vossos feitos, e obedecei a voz do SENHOR vosso Deus, e o SENHOR se arrependerá do mal que pronunciou contra vós. 14 Quanto a mim, eis que eu estou em vossa mão. Fazei comigo como parecer bem e a vós satisfizer.

É minha opinião que Deus endureceu o coração de Seu povo. Deus quebrou a cerca e permitiu que Seu povo fosse saqueado e aviltado por seus inimigos. também minha opinião, como declarei no início,que esta era a única maneira de Deus alargar a alcance do conhecimento da Glória do Senhor para encher toda a terra (Habacuque 2:14). Hoje o Judaísmo é praticado na maioria das nações do mundo.

Jeremias examina a destruição da amada cidade de Jerusalém e ficou claramente consternado com a escala da devastação.

Lamentações 1:1 Como a cidade assenta-se solitária, aquela que estava repleta de pessoas! Como ela se tornou como uma viúva! Ela que era grande entre as nações, e princesa entre as províncias, como ela tornou-se tributária! 2 Ela chora dolorosamente na noite, e as suas lágrimas estão sobre as suas bochechas; dentre todos os seus amantes, ela não tem nenhum para confortá-la; todos os seus amigos portaram-se traiçoeiramente para com ela; eles tornaram-se seus inimigos. 3 Judá foi para o cativeiro por causa da aflição, e por causa da grande servidão; ela habita entre os pagãos, ela não encontra repouso; todos os seus perseguidores a alcançaram entre as vielas. 4 Os caminhos de Sião pranteiam, porque ninguém comparece às festas solenes; todos os seus portões estão desolados; seus sacerdotes suspiram; suas virgens estão aflitas, e ela está amargurada. 5 Os seus adversários são os chefes, os seus inimigos prosperam; pois o SENHOR a afligiu pela multidão das suas transgressões; os seus filhos foram para o cativeiro perante o inimigo.

Esta atual pandemia de saúde e losckdown trouxe para casa uma revelação preciosa. No meio dessa devastação, com o Templo, a Glória de Israel, em cinzas e ruínas, Deus continua a falar aos Seus servos. Deus demonstra de uma forma que está sem sombra de dúvida que Deus não precisa de um edifício para falar. Deus não precisa de uma orquestra, cantores ou músicos para ajudá-lo a declarar Sua Palavra aos Seus servos. Ele é o Deus Todo-Poderoso e Soberano e usará Seus servos como canais para declarar Suas intenções e propósitos. Deus fala Suas promessas por meio de Seu profeta a respeito dos planos de dar ao Seu amado povo uma esperança e um futuro; planos para prosperar Seu povo e não colocá-los em risco.

CRISTO JESUS É NOSSO HABITAT E TABERNÁCULO ESPIRITUAL

Atos 17:28 porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como também alguns dos vossos poetas têm dito: Porque também somos sua descendência. 29 Sendo nós, pois, descendência de Deus, não devemos pensar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra, esculpida pela arte e imaginação do homem. 30 Mas Deus, fechou os olhos para os tempos de tal ignorância, e agora ordena a todos os homens, em todo lugar, que se arrependam, 31 porque ele tem determinado um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio do homem que ele ordenou; e disso deu certeza a todos os homens, ressuscitando-o dos mortos.

O CRENTE TAMBÉM É O TEMPLO ESPIRITUAL DE DEUS

2 Coríntios 6:14 Não estejais unidos em jugo desigual com incrédulos, pois que companheirismo tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? 15 E que harmonia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o crente com o infiel? 16 E que acordo tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivo, como Deus disse: Eu habitarei neles e andarei entre eles; e eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.

O CORPO DE CRISTO NA CIDADE

O CORPO DE CRISTO NA CIDADE, A IGREJA CORPORATIVA, ONDE OS FILHOS DE DEUS EMERGEM COMO A EXPRESSÃO VISÍVEL DA NATUREZA E IMAGEM DE CRISTO

Esta é uma revelação da Nova Jerusalém que João teve desta cidade descendo do alto, do coração e da mente de Deus. Todas as coisas são feitas novas.

Apocalipse 21:1 E eu vi um novo céu, e uma nova terra; porque o primeiro céu e a primeira terra haviam passado, e não havia mais mar. 2 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, descendo do céu, da parte de Deus, preparada como uma noiva adornada para o seu marido. 3 E eu ouvi uma grande voz do céu, dizendo: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, e ele habitará com eles, e eles serão o seu povo, e o próprio Deus estará com eles, e será o seu Deus. 4 E Deus enxugará todas as lágrimas de seus olhos; e não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem haverá mais dor; porque as coisas antigas são passadas. 5 E aquele que está assentado sobre o trono disse: Eis eu que faço novas todas as coisas. E ele disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.

Nota importante

Não desprezamos as casas de culto construídas por mãos humanas. Nossa intenção é revelar o Templo espiritual maior que o Senhor formou e está formando atualmente.

Read Full Post »

Faithfulness under Fire

Message by Pastor Alistair Pillay

James 1:2 My brethren, count it all joy when you fall into various trials, 3 knowing that the testing of your faith produces patience. 4 But let patience have its perfect work, that you may be perfect and complete, lacking nothing.

The past six months have been challenging for all of us. This pandemic does not discriminate. Our daily routines were affected; the economy, health systems, companies, educational institutions, governments, churches – everything was shaken.

Yet in all of this, there is an unshakeable, immovable God that presides and reigns over the universe.

This biological warfare is unique to this generation and we discern that it is another way that God is testing us.

No one is exempt from this test. It is yet another test in our walk with God. Throughout scripture we see God testing His people in various ways.

Tests act as a catalyst for our spiritual growth.

During this lockdown, we gathered daily for family prayers and communion. We interacted more regularly in our online meetings; we were able to connect with a larger audience. There are many positives that we experienced during this time.

How do we find joy in trials according to the Apostle James? It goes against our human nature. Firstly, we need to reject all fear and maintain a sound mind. We cannot allow our circumstances to overwhelm us. James is not talking about external expressions of celebration during our trials and afflictions, but rather an inner sense of peace, joy and contentment. Daniel was offered the finest cuisine, yet he resolved not to defile himself.

Notice the quiet determination in the words of the three friends of Daniel when they declared :

Daniel 3:16 Shadrach, Meshach, and Abed-Nego answered and said to the king, “O Nebuchadnezzar, we have no need to answer you in this matter. 17 If that is the case, our God whom we serve is able to deliver us from the burning fiery furnace, and He will deliver us from your hand, O king. 18 But if not, let it be known to you, O king, that we do not serve your gods, nor will we worship the gold image which you have set up.”

The Apostle Paul had experienced a variety of extreme testings in his apostolic ministry. His words to the Philippians are a source of great encouragement and strength to all.

Philippians 4:11 Not that I speak in regard to need, for I have learned in whatever state I am, to be content: 12 I know how to be abased, and I know how to abound. Everywhere and in all things I have learned both to be full and to be hungry, both to abound and to suffer need. 13 I can do all things through Christ who strengthens me.

The joy of the Lord is our strength. The apostle has flattened the curve concerning the persecutions, afflictions, beatings, imprisonment, and shipwrecks that he had experienced. He resolved to maintain a state of contentment. The ministry of the Lord demands that we are well prepared to carry our cross.

Like James, we must see ourselves as bond servants of God and the Lord Jesus Christ. We need to reflect our servanthood not only to the Divine Father and Son, but we also need to reflect this principle of service in the Father/Son wineskin. The same level of accountability and service to heaven as well as the earth.

A bond servant is owned by his master. The believer is owned by our Master, Christ Jesus. A bond servant is bound to his master.

Right now, we are spiritually positioned with Christ, seated at the right hand of the Father.

This position confers safety and security upon all believers who have made Christ a dwelling place.

Faith is needed especially when nothing is visible.

Hebrews 11:1 Now faith is the substance of things hoped for, the evidence of things not seen.

We need to be steadfast, resolute and unwavering. Job resisted the suggestion of his wife to curse God and die during his trial. Job was not aware of the confidence that God had in him. The counsel we receive during our trial is extremely important. This counsel must consolidate our relationship with God and His representative. Note the words that Job would use to rebuke his wife who clearly had a low threshold for pain and affliction.

Job 2:10 But he said to her, “You speak as one of the foolish women speaks. Shall we indeed accept good from God, and shall we not accept adversity?” In all this Job did not sin with his lips.

Job retained a sound mental position.

WE MUST KEEP OUR COMMITMENT AND WORD TO GOD

1 Samuel 1:11 Then she made a vow and said, “O LORD of hosts, if You will indeed look on the affliction of Your maidservant and remember me, and not forget Your maidservant, but will give Your maidservant a male child, then I will give him to the LORD all the days of his life, and no razor shall come upon his head.”

Hannah negotiated with God. She did not want the son for her personal sense of empowerment and self gratification; she knew of the existing corruption in the Temple under the priestly leadership of Eli. Hannah wanted a son who would be a blessing to God’s people. Her reward was the birth of Samuel who would become an accurate, outstanding voice of God to His people.

Hannah kept her word to the Lord. This was her personal test. Her son Samuel carried the same characteristic attribute of high integrity in his words.

1 Samuel 3:19 So Samuel grew, and the LORD was with him and let none of his words fall to the ground.

During our trials believers are known to often make vows to the Lord. Believers need to maintain the same integrity in their words and vows to the Lord.

James 5:12 But above all, my brethren, do not swear, either by heaven or by earth or with any other oath. But let your “Yes” be “Yes,” and your “No,” “No,” lest you fall into judgment.

Moses addresses the leadership of Israel concerning integrity in our vows and promises to the Lord.

Numbers 30:1 Then Moses spoke to the heads of the tribes concerning the children of Israel, saying, “This is the thing which the LORD has commanded: 2 If a man makes a vow to the LORD, or swears an oath to bind himself by some agreement, he shall not break his word; he shall do according to all that proceeds out of his mouth. 3 “Or if a woman makes a vow to the LORD, and binds herself by some agreement while in her father’s house in her youth, 4 and her father hears her vow and the agreement by which she has bound herself, and her father holds his peace, then all her vows shall stand, and every agreement with which she has bound herself shall stand.

When we receive our deliverance, do not forget the Lord who has helped us. All things come from Him.

HEARING THE VOICE OF GOD

Eli mentored Samuel to recognize and hear the voice of God. During trials we need a Word from God – that still, small voice. We need to be guided and instructed by our spiritual father. Samuel needed Eli in his spiritual development. Do not despise your Eli.

We must also develop our relationship with the Holy Spirit.

John 16:13 However, when He, the Spirit of truth, has come, He will guide you into all truth; for He will not speak on His own authority, but whatever He hears He will speak; and He will tell you things to come. 14 He will glorify Me, for He will take of what is Mine and declare it to you.

The most consistent way that God would speak to His people is through His Word spoken by His servants.

Romans 10:14 How then shall they call on Him in whom they have not believed? And how shall they believe in Him of whom they have not heard? And how shall they hear without a preacher?

FIDELIDADE SOB O FOGO

(Traduzido por Rafael Nogueira Rezende)

Mensagem do Pastor Alistair Pillay

 

Tiago 1: 2 Meus irmãos, tende grande alegria quando cairdes em várias provações, 3 sabendo que a prova da vossa fé produz paciência. 4 Mas tenha a paciência o seu trabalho perfeito, para que sejais perfeitos e completos, nada faltando.

 

Os últimos seis meses foram desafiadores para todos nós. Esta pandemia não discrimina. Nossas rotinas diárias foram afetadas; a economia, sistemas de saúde, empresas, instituições educacionais, governos, igrejas – tudo foi abalado.

 

No entanto, em tudo isso, existe um Deus inabalável e imóvel que preside e reina sobre o universo.

 

Esta guerra biológica é exclusiva desta geração e discernimos que é uma outra maneira pela qual Deus está nos testando.

 

Ninguém está isento deste teste. É mais um teste em nossa caminhada com Deus. Ao longo das escrituras, vemos Deus testando Seu povo de várias maneiras.

 

Os testes atuam como um catalisador para nosso crescimento espiritual.

 

Durante esse bloqueio, nos reunimos diariamente para orações familiares e comunhão. Interagimos mais regularmente em nossas reuniões online; conseguimos nos conectar com um público maior. Há muitos aspectos positivos que experimentamos durante esse tempo.

 

Como encontramos alegria nas provações, de acordo com o apóstolo Tiago? Isso vai contra nossa natureza humana. Em primeiro lugar, precisamos rejeitar todo medo e manter uma mente sã. Não podemos permitir que nossas circunstâncias nos dominem. James não está falando sobre expressões externas de celebração durante nossas provações e aflições, mas sim uma sensação interior de paz, alegria e contentamento. Daniel recebeu a melhor comida, mas decidiu não se contaminar.

 

Observe a determinação silenciosa nas palavras dos três amigos de Daniel quando eles declararam:

 

Daniel 3: 16-18

16 Responderam Sadraque, Mesaque e Abed-Nego e disseram ao rei: “Ó Nabucodonosor, não precisamos de te responder sobre este assunto. 17 Se for esse o caso, o nosso Deus, a quem servimos, pode nos livrar da fornalha de fogo ardente, e nos livrará das tuas mãos, ó rei. 18 Mas, se não, fica sabendo, ó rei, que não servimos a teus deuses, nem adoraremos a estátua de ouro que erigiste. ”

 

O apóstolo Paulo experimentou uma variedade de testes extremos em seu ministério apostólico. Suas palavras aos filipenses são fonte de grande encorajamento e força para todos.

 

Filipenses 4

11 Não que fale a respeito da necessidade, porque aprendi em qualquer estado em que estou, a estar contente. 12 Eu sei ser humilhado e sei ter abundância. Em todos os lugares e em todas as coisas, aprendi a estar farto e a ter fome, a ter abundância e a sofrer necessidades. 13 Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.

 

A alegria do Senhor é a nossa força. O apóstolo achatou a curva com relação às perseguições, aflições, espancamentos, prisões e naufrágios que ele experimentou. Ele decidiu manter um estado de contentamento. O ministério do Senhor exige que estejamos bem preparados para carregar nossa cruz.

 

Como Tiago, devemos nos ver como servos servos de Deus e do Senhor Jesus Cristo. Precisamos refletir nossa servidão não apenas ao Pai e Filho Divinos, mas também precisamos refletir este princípio de serviço no odre Pai / Filho. O mesmo nível de responsabilidade e serviço ao céu e à terra.

 

Um servo escravo é propriedade de seu mestre. O crente é propriedade de nosso Mestre, Cristo Jesus. Um servo escravo está ligado a seu mestre.

 

Agora mesmo, estamos espiritualmente posicionados com Cristo, sentados à direita do Pai.

 

Esta posição confere segurança e proteção a todos os crentes que fizeram de Cristo uma morada.

 

A fé é necessária, especialmente quando nada é visível.

 

Hebreus 11

1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se veem.

 

Precisamos ser firmes, resolutos e inabaláveis. Jó resistiu à sugestão de sua esposa de amaldiçoar a Deus e morrer durante seu julgamento. Jó não estava ciente da confiança que Deus tinha nele. O conselho que recebemos durante nosso julgamento é extremamente importante. Esse conselho deve consolidar nosso relacionamento com Deus e Seu representante. Observe as palavras que Jó usaria para repreender sua esposa, que claramente tinha pouca dor e aflição.

 

Jó 2

10 Mas ele lhe disse: “Como fala qualquer louca, falas tu. Devemos realmente aceitar o bem de Deus e não devemos aceitar a adversidade? ” Em tudo isso, Jó não pecou com os lábios.

 

 

DEVEMOS MANTER NOSSO COMPROMISSO E PALAVRA PARA DEUS

 

1 Samuel 1

11 Então ela fez um voto e disse: “Ó Senhor dos exércitos, se realmente olhares para a aflição da tua serva e te lembrar de mim, e não te esqueceres da tua serva, mas dares um filho à tua serva, então eu lhe darei ao Senhor todos os dias da sua vida, e nenhuma navalha virá sobre a sua cabeça. ”

 

Ana negociou com Deus. Ela não queria o filho para seu senso pessoal de empoderamento e autogratificação; ela sabia da corrupção existente no Templo sob a liderança sacerdotal de Eli. Ana queria um filho que fosse uma bênção para o povo de Deus. Sua recompensa foi o nascimento de Samuel, que se tornaria uma voz precisa e notável de Deus para Seu povo.

 

Ana manteve sua palavra ao Senhor. Este foi seu teste pessoal. Seu filho Samuel carregava o mesmo atributo característico de alta integridade em suas palavras.

 

1 Samuel 3

19 Samuel crescia, e o Senhor era com ele e não deixou nenhuma de todas as suas palavras cair em terra.

 

Durante nossas provações, os crentes costumam fazer votos ao Senhor. Os crentes precisam manter a mesma integridade em suas palavras e votos ao Senhor.

 

Tiago 5

12 Mas sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outro juramento. Mas deixe seu “Sim” ser “Sim” e seu “Não”, “Não”, para que você não caia no julgamento.

 

Moisés fala à liderança de Israel com relação à integridade em nossos votos e promessas ao Senhor.

 

Números 30

1 Moisés falou aos chefes das tribos a respeito dos filhos de Israel, dizendo: “Esta é a coisa que o Senhor ordenou: 2 Se alguém fizer voto ao Senhor, ou jurar se comprometer por algum acordo, ele não quebrará sua palavra; ele fará de acordo com tudo o que sai de sua boca. 3 “Ou se uma mulher fizer um voto ao SENHOR e se comprometer por algum acordo enquanto estiver na casa de seu pai, em sua juventude, 4 e seu pai ouvir o voto dela e o acordo pelo qual ela se comprometeu, e seu pai cumprirá o seu paz, então todos os seus votos permanecerão, e todo acordo com o qual ela se comprometeu permanecerá.

 

Quando recebermos nossa libertação, não se esqueça do Senhor que nos ajudou. Todas as coisas vêm Dele.

 

OUVINDO A VOZ DE DEUS

 

Eli orientou Samuel a reconhecer e ouvir a voz de Deus. Durante as provações, precisamos da Palavra de Deus – aquela voz mansa e delicada. Precisamos ser guiados e instruídos por nosso pai espiritual. Samuel precisava de Eli em seu desenvolvimento espiritual. Não despreze o seu Eli.

 

Devemos também desenvolver nosso relacionamento com o Espírito Santo.

 

João 16

13 No entanto, quando o Espírito da verdade vier, Ele os guiará em toda a verdade; pois Ele não falará por sua própria autoridade, mas tudo o que ouve, falará; e Ele lhe dirá o que está por vir. 14 Ele me glorificará, porque tomará do que é meu e vo-lo anunciará.

 

A maneira mais consistente de Deus falar ao Seu povo é por meio da Palavra falada por Seus servos.

 

Romanos 10

14 Como então invocarão aquele em quem não creram? E como acreditarão naquele de quem não ouviram? E como eles saberiam se ninguém contou?

Read Full Post »

THE PROTECTIVE HEDGE OF GOD

Message by Pastor Sheila Pillay

In the natural a hedge is a fence, boundary or barrier.

Let us examine the Lord as a hedge or wall of fire who confers Divine protection and security upon His people. Moses issues a warning to the people of God to be continually faithful to God and His commandments; not to allow our material possessions and prosperity to cause us to forget our great Deliverer, to remember at all times that it was the goodness and grace of God that causes us to prosper.

Deuteronomy 8:11-18

11 “Beware that you do not forget the Lord your God by not keeping His commandments, His judgments, and His statutes which I command you today, 12 lest—when you have eaten and are full, and have built beautiful houses and dwell in them; 13 and when your herds and your flocks multiply, and your silver and your gold are multiplied, and all that you have is multiplied; 14 when your heart is lifted up, and you forget the Lord your God who brought you out of the land of Egypt, from the house of bondage; 15 who led you through that great and terrible wilderness, in which were fiery serpents and scorpions and thirsty land where there was no water; who brought water for you out of the flinty rock; 16 who fed you in the wilderness with manna, which your fathers did not know, that He might humble you and that He might test you, to do you good in the end— 17 then you say in your heart, ‘My power and the might of my hand have gained me this wealth.’

18 “And you shall remember the Lord your God, for it is He who gives you power to get wealth, that He may establish His covenant which He swore to your fathers, as it is this day.

The prophet Isaiah speaks about Israel as the vineyard of God. Isaiah communicates the great disappointment in the heart of God concerning His people.

Isaiah 5:1-7

1 Now let me sing to my Well-beloved

A song of my Beloved regarding His vineyard:

My Well-beloved has a vineyard

On a very fruitful hill.

2 He dug it up and cleared out its stones,

And planted it with the choicest vine.

He built a tower in its midst,

And also made a winepress in it;

So He expected it to bring forth good grapes,

But it brought forth wild grapes.

3 “And now, O inhabitants of Jerusalem and men of Judah,

Judge, please, between Me and My vineyard.

4 What more could have been done to My vineyard

That I have not done in it?

Why then, when I expected it to bring forth good grapes,

Did it bring forth wild grapes?

5 And now, please let Me tell you what I will do to My vineyard:

I will take away its hedge, and it shall be burned;

And break down its wall, and it shall be trampled down.

6 I will lay it waste;

It shall not be pruned or dug,

But there shall come up briers and thorns.

I will also command the clouds

That they rain no rain on it.”

7 For the vineyard of the LORD of hosts is the house of Israel,

And the men of Judah are His pleasant plant.

He looked for justice, but behold, oppression;

For righteousness, but behold, a cry for help.

The vineyard is planted and established on a fruitful and fertile hill. The stones have been cleared away (symbols of judgement) and in its place was planted precious vine. It has a hedge that protects it. Having brought us out of Egyptian slavery and planting us as “choice vine” with all the necessary infrastructure, there is disappointment in the heart of God that the outcome from the vineyard was “wild grapes”. God asks a reasonable question is asked in Verse 4 :

“What more could have been done to My vineyard”

We are living in difficult times; natural fences and security systems are failing us. We need the Lord to be a “wall of fire” around us as our primary defense system.

Zechariah 2:5

5 For I,’ says the LORD, ‘will be a wall of fire all around her, and I will be the glory in her midst.”

The church is the “spiritual Israel of God”. As we manifest the nature of Christ as a company, the One who lives in us will confer the same level of protection in our homes and in our sphere. We do not despise the construction of natural fences but ultimately it is the Lord who watches over His people.

Psalms 127:1

1 Unless the LORD builds the house,

They labor in vain who build it;

Unless the LORD guards the city,

The watchman stays awake in vain.

Now, this requires serious meditation. The Lord uses human agencies to confer the grace of protection over His people :

The prophet Samuel was God’s hedge against the Philistines all the days of his life.

1 Samuel 7:13

13 So the Philistines were subdued, and they did not come anymore into the territory of Israel. And the hand of the LORD was against the Philistines all the days of Samuel.

Elisha the prophet was God’s hedge against the Syrians.

2 Kings 6:11-12

11 Therefore the heart of the king of Syria was greatly troubled by this thing; and he called his servants and said to them, “Will you not show me which of us is for the king of Israel?”

12 And one of his servants said, “None, my lord, O king; but Elisha, the prophet who is in Israel, tells the king of Israel the words that you speak in your bedroom.”

David was God’s hedge that protected his father’s sheep and also Israel against formidable opponents. God protected the sheep through the grace of David.

1 Samuel 17:34-36

34 But David said to Saul, “Your servant used to keep his father’s sheep, and when a lion or a bear came and took a lamb out of the flock, 35 I went out after it and struck it, and delivered the lamb from its mouth; and when it arose against me, I caught it by its beard, and struck and killed it. 36 Your servant has killed both lion and bear; and this uncircumcised Philistine will be like one of them, seeing he has defied the armies of the living God.”

Sometimes our faithfulness is tested when God deliberately allows an opening for satan to access us, like in the case of Job. Satan knows about God’s hedge of protection over the righteous.

Job 1:9-10

9 So Satan answered the LORD and said, “Does Job fear God for nothing? 10 Have You not made a hedge around him, around his household, and around all that he has on every side? You have blessed the work of his hands, and his possessions have increased in the land.

This is the acid test for all believers. Will we remain faithful when the Lord takes His hands off

us? Will we remain faithful to Him in all circumstances?

Remember this, faithful people of God, all things are working together for the good of those who love Him and to those who are called according to His purpose.

A BARREIRA PROTETORA DE DEUS

(Traduzido por Rafael Nogueira Rezende)

Mensagem da Pastora Sheila Pillay

 

Na natureza, uma barreira viva é uma cerca, limite ou barreira.

 

Vamos examinar o Senhor como uma cerca ou parede de fogo que confere proteção e segurança Divina a Seu povo. Moisés dá uma advertência ao povo de Deus para ser continuamente fiel a Deus e aos Seus mandamentos; não permitir que nossos bens materiais e prosperidade nos façam esquecer nosso grande Libertador, para lembrar em todos os momentos que foi a bondade e a graça de Deus que nos fez prosperar.

 

Deuteronômio 8

11 “Acautela-te para que não te esqueças do Senhor teu Deus, não guardando os seus mandamentos, os seus julgamentos e os seus estatutos que hoje te ordeno, 12 para que não, quando tiveres comido e te farto, e tiveres construído belas casas e nelas habitado ; 13 e quando as vossas manadas e os vossos rebanhos se multiplicarem, e a vossa prata e o vosso ouro se multiplicarem, e tudo o que tens se multiplicar; 14 quando o teu coração se eleva e te esqueces do Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão; 15 que vos guiou por aquele grande e terrível deserto, no qual havia serpentes de fogo e escorpiões e uma terra sedenta onde não havia água; que trouxe água para você da rocha dura; 16 que no deserto te alimentou com o maná, que teus pais não conheciam, para te humilhar e te testar, e no final te fazer o bem— 17 então dizes no teu coração: ‘O meu poder e o o poder da minha mão me ganhou esta riqueza. ’18 “E te lembrareis do Senhor teu Deus, porque é Ele quem te dá poder para adquirir riquezas, a fim de estabelecer o seu pacto que jurou a vossos pais, como é este dia.

 

O profeta Isaías fala sobre Israel como a vinha de Deus. Isaías comunica a grande decepção no coração de Deus a respeito de Seu povo.

 

Isaías 5

1 Agora, deixe-me cantar ao meu Bem-amado Um cântico do meu Bem-amado a respeito de Sua vinha: Meu Bem-amado tem uma vinha Em uma colina fértil. 2 Ele a desenterrou e tirou as suas pedras, e a plantou com a videira mais escolhida. Ele construiu uma torre no meio dela, E também fez um lagar nela; Ele esperava que produzisse uvas boas, mas deu uvas bravas. 3 “E agora, ó habitantes de Jerusalém e homens de Judá, juiz, por favor, entre mim e a minha vinha. 4 O que mais poderia ter sido feito à minha vinha, que eu não tenha feito nela. Por que então, quando esperava que produzisse boas uvas, deu uvas bravas? 5 E agora, deixa-me dizer-te o que farei com a minha vinha: tirarei a sua sebe, e ela será queimada; E derrube a sua parede, e ela será pisoteada. 6 Eu o destruirei; Não será podada nem cavada, mas crescerá sarças e espinhos. Também darei às nuvens que chovam sem chuva. ” 7 Porque a vinha do Senhor dos exércitos é a casa de Israel, e os homens de Judá são a sua planta agradável. Ele procurava justiça, mas eis a opressão; Por justiça, mas eis um grito de socorro.

 

A vinha está plantada e implantada numa colina fecunda e fértil. As pedras foram retiradas (símbolos de julgamento) e em seu lugar foi plantada a preciosa videira. Tem uma sebe que o protege. Tendo nos tirado da escravidão egípcia e nos plantado como “videira escolhida” com toda a infraestrutura necessária, há decepção no coração de Deus que o resultado da vinha foi “uvas bravas”. Deus faz uma pergunta razoável no versículo 4:

 

“O que mais poderia ter sido feito para a minha vinha”

Vivemos tempos difíceis; cercas naturais e sistemas de segurança estão falhando. Precisamos que o Senhor seja uma “parede de fogo” ao nosso redor como nosso principal sistema de defesa.

 

Zacarias 2

5 Pois eu ‘, diz o SENHOR,’ serei uma parede de fogo ao seu redor, e serei a glória no meio dela. ”

 

A igreja é o “Israel espiritual de Deus”. À medida que manifestamos a natureza de Cristo como empresa, Aquele que vive em nós confere o mesmo nível de proteção em nossas casas e em nossa esfera. Não desprezamos a construção de cercas naturais, mas, em última análise, é o Senhor quem zela por Seu povo.

 

Salmos 127

1 A menos que o Senhor edifique a casa, Eles trabalham em vão quem o constrói; A menos que o Senhor guarde a cidade, O vigia fica acordado em vão.

 

Agora, isso requer meditação séria. O Senhor usa instrumentos humanos para conferir a graça de proteção a Seu povo:

 

O profeta Samuel foi a proteção de Deus contra os filisteus todos os dias de sua vida.

 

1 Samuel 7

13 Assim os filisteus foram subjugados e não entraram mais no território de Israel. E a mão do Senhor foi contra os filisteus todos os dias de Samuel.

 

Eliseu, o profeta, era a proteção de Deus contra os sírios.

 

2 Reis 6

11 Portanto o coração do rei da Síria ficou muito perturbado com isso; e chamou seus servos e disse-lhes: “Não me mostrais qual de nós é do rei de Israel?” 12 E um de seus servos disse: “Nenhum, meu senhor, ó rei; mas Eliseu, o profeta que está em Israel, diz ao rei de Israel as palavras que você fala em seu quarto. ”

 

Davi era a cerca de Deus que protegia as ovelhas de seu pai e também Israel contra adversários formidáveis. Deus protegeu as ovelhas pela graça de Davi.

 

1 Samuel 17

34 Mas Davi disse a Saul: “Teu servo apascentava as ovelhas de seu pai, e quando um leão ou um urso vinha e tirava um cordeiro do rebanho, 35 eu ia atrás dele e batia nele, e livrava o cordeiro de seu boca; e quando se levantou contra mim, eu o peguei pela barba, e o golpeei e matei. 36 O teu servo matou o leão e o urso; e este filisteu incircunciso será como um deles, visto que desafiou os exércitos do Deus vivo. ”

 

Às vezes, nossa fidelidade é testada quando Deus permite deliberadamente uma abertura para que Satanás nos acesse, como no caso de Jó. Satanás sabe sobre a cerca de proteção de Deus sobre os justos.

 

Jó 1

9 Então Satanás respondeu ao Senhor e disse: “Será que Jó teme a Deus por nada? 10 Não fizeste uma cerca ao redor dele, ao redor da sua casa, e ao redor de tudo o que ele tem de todos os lados? Você tem abençoado o trabalho de suas mãos, e seus bens aumentaram na terra.

 

Este é o teste ácido para todos os crentes. Continuaremos fiéis quando o Senhor tirar Suas mãos

 

Nós? Continuaremos fiéis a Ele em todas as circunstâncias?

 

Lembre-se disso, fiel povo de Deus, todas as coisas estão trabalhando juntas para o bem daqueles que O amam e daqueles que são chamados de acordo com o Seu propósito.

Read Full Post »

To those who are committed to this present reformation, our desire is to cultivate a spiritual habitat for the people of God, who indeed are becoming an endangered species concerning the emergence of a dark sub culture.

There has never been a more pressing moment in time than this, where it is imperative for the people of God to return to His ways. The ways of God are established by His Word, not from our five senses. We do not present ourselves as those who have attained a state of perfection; it is becoming increasingly apparent that we are all a “work in progress”. We look to the nature of the Perfect One, Christ, drawing strength and comfort from Him through His Word and through the ministry of the Holy Spirit.

Our plans and strategies may make such great sense to us, yet when we present them to the Lord, they may not survive Divine scrutiny.

We will examine some of the challenges experienced by Paul and David this morning, leaders whose lives minister to us, as we confront various challenges in our walk with God, particularly dealing with betrayal. In spite of all their great exploits both Paul and David experienced great anguish concerning betrayal.

DAVID

David, a man after God’s own heart, was experiencing a very difficult time coming to terms with betrayal. Although David was a mighty warrior who experienced great victories, yet he experienced great distress concerning betrayal. He could vanquish great opponents like Goliath, yet his heart was vulnerable because a Davidic company enjoins their hearts with those who come to them in peace.

David, a man after God’s own heart, knew the solution before the men came to him. It was David who declared God to be his avenger.

“if you betray me to my enemies, since there is no wrong in my hands, may the God of our fathers look and bring judgment”

Here is the dilemma and conflict.

We are also like David where we know that God will deliver the righteous from all their afflictions. Yet our hearts are so overwhelmed and we are easily distracted by the issues of this life. It is easier said than done to consistently demonstrate our faith in the Word and promises of God. We have to recognize the frailties in our human nature.

If David knew that God would judge his betrayers, then why would he tell God in his psalms (these are David’s exact words)

Psalms 55:15 Let death seize them; Let them go down alive into hell, For wickedness is in their dwellings and among them.

He further declares :

Psalms 58:6 Break their teeth in their mouth, O God! Break out the fangs of the young lions, O LORD!

These words are a clear revelation that the heart of David is overwhelmed with the pain of betrayal and rebellion. We cannot deny our human construct. In the midst of the battle it is easy for us to forget that the Lord is the Avenger of the righteous. We have to endure the weeping in our “night season” in order to experience the joy and mercies of the new day.

David’s solution to his problems is found in Psalm 61

Psalms 61

1 Hear my cry, O God; Attend to my prayer.

2 From the end of the earth I will cry to You,

When my heart is overwhelmed;

Lead me to the rock that is higher than I.

3 For You have been a shelter for me,

A strong tower from the enemy.

4 I will abide in Your tabernacle forever;

I will trust in the shelter of Your wings.

Selah

5 For You, O God, have heard my vows;

You have given me the heritage of those who fear Your name.

6 You will prolong the king’s life,

His years as many generations.

When our hearts are overwhelmed, we need to seek help from a higher realm.

David is crying out to his God, his Avenger.

David placed his trust in the fact that God observes all things, especially those things concerning His covenant people. David is asking God to lead him to touch a level that is beyond the highest level in this natural world. As a king David has all the human, material and financial resources at his disposal, yet none of his vast resources can help him heal from his emotional trauma.

When we have exhausted from trying all natural sources for relief, it is time to reach out to the Rock, Christ Jesus to bring stability to our situation.

Sadly many believers are measuring success and progress by using the scales of this world; they attach great value to their chariots, horses, their majestic dwelling places, their silver and gold and other material and tangible assets.

As a king none of these things brought David rest or peace.

This pandemic has caused some of the leaders of the wealthiest nations of this world to bow their knees before an Almighty God in prayer.

David’s salvation comes from God.

Psalms 62:1-6

1 Truly my soul silently waits for God; From Him comes my salvation.

2 He only is my rock and my salvation; He is my defense; I shall not be greatly moved. 3 How long will you attack a man? You shall be slain, all of you,

Like a leaning wall and a tottering fence.

Now let us look at the Apostle Paul. Paul experienced much persecution in his ministry. Paul talks about a thorn in the flesh, a messenger of satan, that was permitted by the Lord to buffet and test him. The thorn is a surrogate, proxy, and a messenger of satan who is deployed into the life and sphere of Paul to help Paul deal with the temptation of self exaltation and pride. Revelation from an open heaven is entrusted to the humble. This was not a covert assignment by the messenger of satan; like Job, he was permitted by God to launch an assault on all the possessions of Job with surgical precision, his family and also his health.

2 Corinthians 12:7-10

7 And lest I should be exalted above measure by the abundance of the revelations, a thorn in the flesh was given to me, a messenger of Satan to buffet me, lest I be exalted above measure. 8 Concerning this thing I pleaded with the Lord three times that it might depart from me. 9 And He said to me, “My grace is sufficient for you, for My strength is made perfect in weakness.” Therefore most gladly I will rather boast in my infirmities, that the power of Christ may rest upon me. 10 Therefore I take pleasure in infirmities, in reproaches, in needs, in persecutions, in distresses, for Christ’s sake. For when I am weak, then I am strong.

God performed outstanding miracles through the ministry of Paul. Yet God would refuse to remove the thorn from Paul. He prayed three times to the Lord.

The Lord comforted Paul with these words :

“My grace is sufficient for you, for My strength is made perfect in weakness.”

Paul writes to his beloved son Timothy informing him about the many brothers who abandoned him and he talks about Alexander The coppersmith who did him much harm. He instructed Timothy not to hold their transgressions against them; that the Lord will judge them (like David).

The purpose of the complaint of Paul is not to focus on his disappointments, but to show his spiritual son the glorious ability of the Lord Jesus to deliver him.

BUT THE LORD STOOD WITH ME AND STRENGTHENED ME

2 Timothy 4:17-18

17 But the Lord stood with me and strengthened me, so that the message might be preached fully through me, and that all the Gentiles might hear. Also I was delivered out of the mouth of the lion. 18 And the Lord will deliver me from every evil work and preserve me for His heavenly kingdom. To Him be glory forever and ever. Amen!

When we experience the disappointment of the failure of all our natural sources of help, it is the Lord who will stand with us and strengthen and deliver us. Amen.

TRADUÇÃO PORTUGUESA

(Traduzido por Rafael Nogueira Rezende)

O MINISTÉRIO DO ESPINHO

 

Para aqueles que estão comprometidos com esta reforma atual, nosso desejo é cultivar um habitat espiritual para o povo de Deus, que de fato está se tornando uma espécie em extinção com relação ao surgimento de uma subcultura escura.

 

Nunca houve um momento mais urgente do que este, em que é imperativo para o povo de Deus retornar aos Seus caminhos. Os caminhos de Deus são estabelecidos por Sua Palavra, não pelos nossos cinco sentidos. Não nos apresentamos como aqueles que atingiram um estado de perfeição; está se tornando cada vez mais evidente que somos todos um “trabalho em andamento”. Olhamos para a natureza do Perfeito, Cristo, extraindo força e conforto Dele por meio de Sua Palavra e por meio do ministério do Espírito Santo.

 

Nossos planos e estratégias podem fazer muito sentido para nós, mas quando os apresentamos ao Senhor, eles podem não sobreviver ao escrutínio Divino.

 

Examinaremos alguns dos desafios enfrentados por Paulo e Davi esta manhã, líderes cujas vidas ministram para nós, ao enfrentarmos vários desafios em nossa caminhada com Deus, particularmente lidando com a traição. Apesar de todas as suas grandes façanhas, tanto Paulo quanto Davi experimentaram grande angústia por causa da traição.

 

DAVI

 

Davi, um homem segundo o coração de Deus, estava passando por um momento muito difícil para aceitar a traição. Embora Davi fosse um guerreiro poderoso que obteve grandes vitórias, ele sofreu grande aflição devido à traição. Ele podia derrotar grandes oponentes como Golias, mas seu coração estava vulnerável porque uma companhia de Davi ordena seus corações àqueles que vêm a eles em paz.

 

Davi, um homem segundo o coração de Deus, sabia a solução antes que os homens viessem a ele. Foi Davi quem declarou Deus como seu vingador.

 

“Se você me trair para os meus inimigos, visto que não há nada errado em minhas mãos, que o Deus de nossos pais olhe e traga o julgamento”

 

Aqui está o dilema e o conflito.

 

Nós também somos como Davi, onde sabemos que Deus livrará os justos de todas as suas aflições. No entanto, nossos corações estão tão oprimidos e somos facilmente distraídos pelas questões desta vida. É mais fácil falar do que fazer para demonstrar consistentemente nossa fé na Palavra e nas promessas de Deus. Temos que reconhecer as fragilidades em nossa natureza humana.

 

Se Davi soubesse que Deus julgaria seus traidores, então por que ele diria a Deus em seus salmos (essas são as palavras exatas de Davi)

 

Salmos 55:15 A morte os assalte; Desçam eles vivos ao inferno, pois a maldade está nas suas moradas e no meio deles.

 

Ele declara ainda:

 

Salmos 58:6 Quebra-lhes os dentes com a boca, ó Deus! Quebre as presas dos jovens leões, ó SENHOR!

 

Essas palavras são uma revelação clara de que o coração de Davi está dominado pela dor da traição e da rebelião. Não podemos negar nossa construção humana. No meio da batalha, é fácil esquecer que o Senhor é o Vingador dos justos. Temos que suportar o choro em nosso “período noturno” para experimentar a alegria e a misericórdia do novo dia.

 

A solução de Davi para seus problemas é encontrada no Salmo 61

 

Salmos 61:1 Ouve o meu clamor, ó Deus; atende à minha oração. 2 Do fim da terra eu clamarei a ti, quando o meu coração estiver oprimido; guia-me para a rocha que é mais alta do que eu. 3 Pois tu tens sido um abrigo para mim, e uma torre forte contra o inimigo. 4 Eu habitarei no teu tabernáculo para sempre; eu confiarei no esconderijo das tuas asas. Selá. 5 Pois tu, ó Deus, ouviste os meus votos; tu me deste a herança daqueles que temem o teu nome. 6 Tu prolongarás a vida do rei, e os seus anos como os de muitas gerações.

 

Quando nossos corações estão sobrecarregados, precisamos buscar ajuda de um reino superior.

 

Davi está clamando ao seu Deus, seu Vingador.

 

Davi depositou sua confiança no fato de que Deus observa todas as coisas, especialmente aquelas que dizem respeito ao Seu povo da aliança. Davi está pedindo a Deus que o leve a tocar um nível que está além do nível mais alto neste mundo natural. Como rei, Davi tem todos os recursos humanos, materiais e financeiros à sua disposição, mas nenhum de seus vastos recursos pode ajudá-lo a se curar de seu trauma emocional.

 

Quando estivermos exaustos de tentar todas as fontes naturais de alívio, é hora de alcançar a Rocha, Cristo Jesus, para trazer estabilidade à nossa situação.

 

Infelizmente, muitos crentes estão medindo o sucesso e o progresso usando a balança deste mundo; eles atribuem grande valor a suas carruagens, cavalos, suas moradias majestosas, sua prata e ouro e outros bens materiais e tangíveis.

 

Como rei, nenhuma dessas coisas trouxe descanso ou paz a Davi.

 

Esta pandemia fez com que alguns dos líderes das nações mais ricas deste mundo se ajoelhassem diante de um Deus Todo-Poderoso em oração.

 

Salmos 62:1 Verdadeiramente a minha alma espera em Deus; dele vem a minha salvação. 2 Somente ele é a minha rocha e a minha salvação; ele é a minha defesa, eu não serei grandemente abalado. 3 Por quanto tempo vós imaginareis dano contra um homem? Sereis mortos todos vós, sereis como um muro encurvado, e como uma cerca cambaleante. 4 Eles somente consultam para rebaixá-lo da sua excelência; deleitam-se em mentiras, eles abençoam com a sua boca, mas amaldiçoam interiormente. Selá. 5 Minha alma, espera somente em Deus, pois a minha esperança é vinda dele 6 Somente ele é a minha rocha e a minha salvação; ele é a minha defesa; eu não serei abalado.

 

Agora, vamos olhar para o apóstolo Paulo. Paulo sofreu muita perseguição em seu ministério. Paulo fala sobre um espinho na carne, um mensageiro de satanás, que foi permitido pelo Senhor para esbofeteá-lo e testá-lo. O espinho é um substituto, procurador e um mensageiro de satanás que é implantado na vida e esfera de Paulo para ajudá-lo a lidar com a tentação da exaltação própria e do orgulho. A revelação de um céu aberto é confiada aos humildes. Esta não foi uma missão secreta do mensageiro de Satanás; como Jó, ele foi autorizado por Deus a lançar um ataque a todos os bens de Jó com precisão cirúrgica, sua família e também sua saúde.

 

2 Coríntios 12: 7 E para que eu não fosse exaltado acima da medida pela abundância das revelações, um espinho na carne foi dado a mim, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, para que eu não fosse exaltado acima da medida. 8 A respeito disso, roguei três vezes ao Senhor para que me afastasse. 9 E Ele me disse: “Minha graça te basta, porque Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, com muito prazer, antes me gloriarei em minhas enfermidades, para que o poder de Cristo repouse sobre mim. 10 Portanto, sinto prazer nas enfermidades, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Pois quando estou fraco, então sou forte.

 

Deus realizou milagres notáveis por meio do ministério de Paulo. Mesmo assim, Deus se recusaria a remover o espinho de Paulo. Ele orou três vezes ao Senhor.

 

O Senhor confortou Paulo com estas palavras:

 

“Minha graça te basta, porque Meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”

 

Paulo escreve a seu amado filho Timóteo informando-o sobre os muitos irmãos que o abandonaram e ele fala sobre Alexandre, o latoeiro, que lhe fez muito mal. Ele instruiu Timóteo a não acusar suas transgressões; que o Senhor os julgará (como Davi).

 

O propósito da reclamação de Paulo não é enfocar em suas decepções, mas mostrar a seu filho espiritual a capacidade gloriosa do Senhor Jesus de libertá-lo.

 

MAS O SENHOR FICOU COMIGO E ME FORTALECEU

 

2 Timóteo 4: 17 Mas o Senhor ficou comigo e me fortaleceu, para que a mensagem fosse pregada por meu intermédio, e todos os gentios a ouvissem. Também fui libertado da boca do leão. 18 E o Senhor me livrará de toda obra má e me preservará para Seu reino celestial. A Ele seja a glória para todo o sempre. Amém!

 

Quando experimentamos o desapontamento pelo fracasso de todas as nossas fontes naturais de ajuda, é o Senhor que estará conosco e nos fortalecerá e libertará. Amém.

Read Full Post »

NO ONE KNOWS THE COST

Psalms 95:7 For He is our God, And we are the people of His pasture, And the sheep of His hand. Today, if you will hear His voice: 8 “Do not harden your hearts, as in the rebellion, As in the day of trial in the wilderness,

I pray that we would allow entrance to the Word of God; that we would allow the process of piercing that divides soul from spirit, joints from marrow, with the full understanding that there is no creature that is hidden from His sight, but all things are naked and open to the eyes of Him to whom we must give account.

This is how I grew spiritually over the past 21 years that I was connected to the apostolic; I sat under some of the most provocative, abrasive, intimidatory, piercing messages that a believer could listen to –

These messages ministered to my various challenges, they helped to shape and form my mentality; the Holy Spirit began to position my thoughts towards the Reformation of, firstly our personal lives, and then the ministry.

Similarly, if you are listening to me today or reading my notes, allow His Word to do its work. It may pierce your heart, yet God is working with us for our spiritual development.

Last week we dealt with the Counsel of Ahithophel and its massive collateral damage to the oneness vision that David had for the kingdom.

Abimelech and Sarah

Genesis 20:2 Now Abraham said of Sarah his wife, “She is my sister.” And Abimelech king of Gerar sent and took Sarah. 3 But God came to Abimelech in a dream by night, and said to him, “Indeed you are a dead man because of the woman whom you have taken, for she is a man’s wife.”

Abraham and Abimelech should be both grateful to God for His Divine intervention. In the words of God, if Abimelech touched Sarah, he would have been a “dead man” because Abraham and Sarah were central to the future plans of God in the creation of His family. The life of Abraham was loaded with prophetic promises and blessings for the whole earth.

However Abraham, considered a friend of God, was quite comfortable with the idea of sacrificing his wife and marriage for his personal safety and self preservation.

Genesis 20:10 Then Abimelech said to Abraham, “What did you have in view, that you have done this thing?” 11 And Abraham said, “Because I thought, surely the fear of God is not in this place; and they will kill me on account of my wife.

Keeping the aforegoing in mind, let us examine the three responses and consequences to the betrayal by the ten concubines. We will search the mind of David, the mind of God and the mind of Christ.

1. THE MIND OF DAVID

2 Samuel 20:3 Now David came to his house at Jerusalem. And the king took the ten women, his concubines whom he had left to keep the house, and put them in seclusion and supported them, but did not go in to them. So they were shut up to the day of their death, living in widowhood.

If you are struggling with this present lockdown, spare a thought for these ten concubines. David places the ten concubines in a permanent state of lockdown. David is comfortable with decreeing a judgement of total isolation for violating covenant. He would provide board and lodging with total loss of affection or any personal engagement.

Some of you may think that David may have overacted in his response. It may have been considered to be extremely harsh. After all, the Bible does declare that David has a heart after God. This decision would be extremely unpopular in this present time.

So let us go and check out the heart of God.

2. THE MIND OF GOD THE FATHER

God is speaking about His beloved people through His prophet Hosea. God is addressing spiritual adultery.

Hosea 2:2 “Bring charges against your mother, bring charges; For she is not My wife, nor am I her Husband! Let her put away her harlotries from her sight, And her adulteries from between her breasts; 3 Lest I strip her naked And expose her, as in the day she was born, And make her like a wilderness, And set her like a dry land, And slay her with thirst. 4 “I will not have mercy on her children, For they are the children of harlotry. 5 For their mother has played the harlot; She who conceived them has behaved shamefully. For she said, ‘I will go after my lovers, Who give me my bread and my water, My wool and my linen, My oil and my drink.’6 “Therefore, behold, I will hedge up your way with thorns, And wall her in, So that she cannot find her paths. 7 She will chase her lovers, But not overtake them; Yes, she will seek them, but not find them. Then she will say, I will go and return to my first husband, For then it was better for me than now.’ 8 For she did not know That I gave her grain, new wine, and oil, And multiplied her silver and gold— Which they prepared for Baal. 9 “Therefore I will return and take away My grain in its time And My new wine in its season, And will take back My wool and My linen, Given to cover her nakedness. 10 Now I will uncover her lewdness in the sight of her lovers, And no one shall deliver her from My hand. 11 I will also cause all her mirth to cease, Her feast days, Her New Moons, Her Sabbaths— All her appointed feasts. 12 “And I will destroy her vines and her fig trees, Of which she has said, “These are my wages that my lovers have given me.’ So I will make them a forest, And the beasts of the field shall eat them. 13 I will punish her For the days of the Baals to which she burned incense. She decked herself with her earrings and jewelry, And went after her lovers; But Me she forgot,” says the LORD.

Shortly after these prophetic utterances, God sent His people who played the harlot into exile. God did exactly what David did. He hedged His people so that they could not find their lovers. They would ultimately return to their first love.

A great number of the people who went into exile, died in Babylon. There is a high price to pay for betraying covenant.

3. THE MIND OF CHRIST

We will examine two sinful women this morning. The first woman is the woman who was caught in the act of adultery and the people were ready to stone her to death in accordance with the law of Moses.

Jesus did not condone or support the sin of the woman.

All Jesus did was disqualify those who were ready to stone her to death.

His extraordinary Divine insight into the heart of the deceitful, hypocritical, stronghold of religion, released extraordinary grace to one who was condemned to die at the hands of a religious mob.

THE WOMAN WITH THE ALABASTER BOX

Luke 7:36 Then one of the Pharisees asked Him to eat with him. And He went to the Pharisee’s house, and sat down to eat. 37 And behold, a woman in the city who was a sinner, when she knew that Jesus sat at the table in the Pharisee’s house, brought an alabaster flask of fragrant oil, 38 and stood at His feet behind Him weeping; and she began to wash His feet with her tears, and wiped them with the hair of her head; and she kissed His feet and anointed them with the fragrant oil.

Here is her accuser :

Luke 7:39 Now when the Pharisee who had invited Him saw this, he spoke to himself, saying, “This Man, if He were a prophet, would know who and what manner of woman this is who is touching Him, for she is a sinner.”

• This woman Mary is standing proxy for every sinner out there

• She is standing proxy for every one of the ten concubines

• She is standing proxy for Absalom

• Yes, she is even standing proxy for David

It is amazing to note the increasing number of believers who expect forgiveness without repentance. They carry a strong spirit of entitlement to forgiveness without repentance. No individual is above the Word of the Lord.

Mary demonstrated the spirit of repentance and reverence for the One who is able to forgive our sins. The Rock that is Higher than ourselves.

She did not quote scriptures to Jesus.

In fact there is no record of her saying anything.

She simply expressed her sacrificial worship of the One who would silence the voice of the Pharisees who hosted the gathering. She exposed the heart of the Pharisees who were intent on “testing” Jesus, rather than receiving Him in the house as the One sent by God, honoring Him as Mary did with tears that came from the depths of her soul; breaking her alabaster box and anointing the feet of the Lord. Jesus teaches in His sermon on the mount :

Matthew 5:20 For I say to you, that unless your righteousness exceeds the righteousness of the scribes and Pharisees, you will by no means enter the kingdom of heaven.

We have been blessed with this song “Alabaster Box” by Cece Winans. Let us spend a few moments waiting in His Presence and allow the Holy Spirit to minister to us. Blessings and great grace to all.

Link for song

LYRICS FOR “ALABASTER BOX”

The room grew still As she made her way to Jesus
She stumbled through the tears That make her blind She felt such pain Some spoke in anger
Heard folks whisper There’s no place here for her kind
Still on she came
Through the shame that flushed her face
Until at last she knelt before his feet
And though she spoke no words
Everything she said was heard
As she poured her love for the master
From her box of Alabaster
And I’ve come to pour My praise on Him like oil
From Mary’s Alabaster Box
Don’t be angry if I wash His feet with my tears
And I dry them with my hair
You weren’t there the night He found me
You did not feel what I felt
When He wrapped His loving arms around me
And you don’t know the cost
Of the oil in my Alabaster box
I can’t forget the way life used to be
I was a prisoner to the sin that had me bound
And I spent my days Poured my life without measure Into a little treasure box I thought I found
Until the day when Jesus came to me
And healed my soul with the wonder of His touch
So now I’m giving back to Him
All the praise He’s worthy of
I’ve been forgiven and that’s why
I love Him so much
And I’ve come to pour
My praise on Him like oil
From Mary’s Alabaster Box
Don’t be angry if I wash His feet with my tears
And I dry them with my hair
You weren’t there the night He found me
You did not feel what I felt
When He wrapped His loving arms around me
And you don’t know the cost
Of the oil in my Alabaster box

NINGUÉM SABE O CUSTO

(Traduzido por Rafael Nogueira Rezende)

 

Salmos 95:7-8

7 Porque ele é o nosso Deus, e nós o povo do seu pasto, e as ovelhas das suas mãos.  Hoje, se vocês ouvirem a Sua voz: 8 “Não endureçais os vossos corações, como na rebelião, como no dia da prova no deserto,

 

Oro para que permitamos a entrada na Palavra de Deus;  que permitiríamos o processo de perfuração que separa a alma do espírito, as juntas da medula, com a plena compreensão de que não há criatura que esteja oculta aos Seus olhos, mas todas as coisas estão nuas e abertas aos olhos dAquele a quem devemos  dar conta.

 

Foi assim que cresci espiritualmente nos últimos 21 anos em que estive conectado ao apostolado;  Sentei-me sob algumas das mensagens mais provocativas, abrasivas, intimidatórias e penetrantes que um crente poderia ouvir.

 

Essas mensagens ministraram aos meus vários desafios, ajudaram a moldar e formar minha mentalidade;  o Espírito Santo começou a posicionar meus pensamentos em direção à Reforma, primeiro de nossas vidas pessoais e depois do ministério.

 

Da mesma forma, se você está me ouvindo hoje ou lendo minhas anotações, permita que Sua Palavra faça seu trabalho.  Pode perfurar seu coração, mas Deus está trabalhando conosco para o nosso desenvolvimento espiritual.

 

Na semana passada, lidamos com o Conselho de Aitofel e seu enorme dano colateral à visão de unidade que Davi tinha para o reino.

 

Abimeleque e Sara

 

Gênesis 20:2-3

2 Ora, Abraão disse de Sara, sua esposa: “Ela é minha irmã”.  E Abimeleque, rei de Gerar, mandou trazer a Sara.  3 Mas Deus veio a Abimeleque em sonho, durante a noite, e disse-lhe: “Certamente tu és um homem morto por causa da mulher que tomaste, porque ela é mulher de um homem”.

 

Abraão e Abimeleque deveriam ser gratos a Deus por Sua intervenção divina.  Nas palavras de Deus, se Abimeleque tocasse Sara, ele teria sido um “homem morto” porque Abraão e Sara eram fundamentais para os planos futuros de Deus na criação de Sua família.  A vida de Abraão foi carregada de promessas proféticas e bênçãos para toda a Terra.

 

No entanto, Abraão, considerado um amigo de Deus, ficou bastante confortável com a ideia de sacrificar sua esposa e casamento para sua segurança pessoal e autopreservação.

 

Gênesis 20:10-11

10 Então Abimeleque disse a Abraão: “O que você tinha em vista para fazer isso?”  11 E Abraão disse: “Porque eu pensei, certamente o temor de Deus não está neste lugar;  e eles vão me matar por causa de minha esposa.

 

Tendo em mente o que precede, examinemos as três reações e consequências à traição das dez concubinas.  Vamos examinar a mente de Davi, a mente de Deus e a mente de Cristo.

 

1. A MENTE DE DAVI

 

2 Samuel 20:3

3 Davi voltou para sua casa em Jerusalém.  E o rei tomou as dez mulheres, suas concubinas, que ele tinha deixado para cuidar da casa, e as colocou em reclusão e as amparou, mas não entrou com elas.  Assim, eles foram fechados até o dia de sua morte, vivendo em viuvez.

 

Se você está lutando com esse bloqueio atual, pense duas vezes nessas dez concubinas.  Davi coloca as dez concubinas em um estado permanente de bloqueio.  Davi se sente confortável em decretar um julgamento de isolamento total por violar o pacto.  Ele forneceria alimentação e alojamento com perda total de afeto ou qualquer compromisso pessoal.

 

Alguns de vocês podem pensar que Davi pode ter exagerado em sua resposta.  Pode ter sido considerado extremamente severo.  Afinal, a Bíblia declara que Davi tem um coração segundo Deus.  Esta decisão seria extremamente impopular nos dias de hoje.

 

Portanto, vamos verificar o coração de Deus.

 

2. A MENTE DE DEUS O PAI

 

Deus está falando sobre Seu povo amado por meio de Seu profeta Oséias.  Deus está se referindo ao adultério espiritual.

 

Oséias 2:2-13

2 “Apresente acusações contra sua mãe, apresente acusações;  Pois ela não é minha esposa, nem eu sou seu marido!  Afaste de sua vista as prostituições, e os adultérios entre os seios;  3 para que eu não a deixe nua e a exponha, como no dia em que nasceu, e a faça como um deserto, e a torne como uma terra seca, e a mate com sede.  4 “Não terei misericórdia de seus filhos, pois são filhos da prostituição.  5 Pois sua mãe se prostituiu;  Aquela que os concebeu se comportou de maneira vergonhosa.  Pois ela disse: ‘Irei atrás dos meus amantes, que me dão o meu pão e a minha água, a minha lã e a minha linho, o meu óleo e a minha bebida.’ 6 “Portanto, eis que te fecharei com espinhos, E  bloqueie-a, Para que ela não possa encontrar seus caminhos.  7 Ela perseguirá seus amantes, mas não os alcançará;  Sim, ela os procurará, mas não os encontrará.  Então ela dirá: Eu irei e voltarei para meu primeiro marido, porque então era melhor para mim do que agora. ‘8 Porque ela não sabia que eu lhe dei grão, vinho novo e azeite, e multipliquei sua prata e ouro  – Que prepararam para Baal.  9 “Portanto, voltarei e levarei o meu grão a seu tempo, e o meu vinho novo a seu tempo, e levarei de volta a minha lã e o meu linho, dados para cobrir a sua nudez.  10 Agora descobrirei a sua perversidade aos olhos de seus amantes, e ninguém a livrará da minha mão.  11 Também farei cessar toda a sua alegria, Seus dias de festa, Suas luas novas, seus sábados – Todas as suas festas designadas.  12 “E eu destruirei suas vinhas e suas figueiras, das quais ela disse:“ Este é o meu salário que meus amantes me deram. ‘Então eu farei para eles uma floresta, E os animais do campo os comerão.  13 Eu a castigarei pelos dias dos Baalins, aos quais ela queimava incenso.  Ela se adornou com seus brincos e joias, E foi atrás de seus amantes;  Mas ela se esqueceu de mim ”, diz o SENHOR.

 

Pouco depois dessas declarações proféticas, Deus enviou Seu povo que se prostituía para o exílio.  Deus fez exatamente o que Davi fez.  Ele cercou Seu povo para que eles não pudessem encontrar seus amantes.  Eles acabariam por retornar ao seu primeiro amor.

 

Um grande número de pessoas que foram para o exílio morreu na Babilônia.  Há um alto preço a pagar por trair um pacto.

 

3. A MENTE DE CRISTO 

 

Vamos examinar duas mulheres pecaminosas esta manhã. A primeira mulher é a mulher que foi pega no ato de adultério e as pessoas estavam prontas para a endurecer até a morte de acordo com a lei de Moisés. Jesus não tolera nem apoiou o pecado da mulher. Tudo o que Jesus fez foi desqualificou aqueles que estavam prontos para a endurecer até a morte. Sua extraordinária percepção divina sobre o coração da religião enganosa, hipócrita e fortaleza, libertou graça extraordinária para alguém que estava condenado a morrer nas mãos de uma multidão religiosa.

 

A MULHER COM O FRASCO DE ALABASTRO

 

Lucas 7:36-38

36 Então um dos fariseus pediu-lhe para comer com ele. E ele foi para a casa do fariseu e sentou-se para comer. 37 E eis que uma mulher na cidade que era pecadora, quando sabia que Jesus sentou à mesa na casa do fariseu, trouxe um frasco de óleo de óleo perfumado, 38 e ficou a pé atrás dele, chorando; e ela começou a lavar os pés com as lágrimas e as enxugou com o cabelo da cabeça; E ela beijou os pés e ungiu-os com o óleo perfumado. 

 

Aqui está o seu acusador: 

 

Lucas 7:39 Agora, quando o fariseu que o convidara viu isso, ele falou consigo mesmo, dizendo: “Esse homem, se ele fosse um profeta, saberia quem e que é um pecador. 

 

• Esta mulher Maria é a representação para cada pecador lá fora 

 

• Ela é a representação para cada uma das dez concubinas relatam

 

• Ela é a representação de Absalão 

 

• Sim, ela é a representação de Davi

 

É incrível notar o número crescente de Eles carregam um forte espírito de direito ao perdão sem arrependimento. Nenhum indivíduo está acima da palavra do Senhor. 

 

Maria demonstrou o espírito de arrependimento e reverência por aquele que é capaz de perdoar nossos pecados. A rocha que é maior do que nós mesmos. 

 

Ela não citou as Escrituras para Jesus. 

 

Na verdade, não há registro dela dizendo nada. 

 

Ela simplesmente expressou sua adoração sacrificial daquele que silenciaria a voz dos fariseus que hospedou a reunião. Ela expôs o coração dos fariseus que estavam intentados em “testar” Jesus, em vez de recebê-lo na casa como um enviado por Deus, honrá-lo quando Maria fez com lágrimas que vieram das profundezas de sua alma; quebrando sua caixa de alabastro e ungando os pés do Senhor. Jesus ensina em seu sermão no Monte: 

 

Mateus 5:20

20 Porque eu digo a você, a menos que a sua justiça exceda a justiça dos escribas e fariseus, você não entrará de forma alguma o reino dos céus. 

 

Nós fomos abençoados com essa música “Frasco de Alabastro” por Cece Winans. Vamos passar alguns momentos esperando em sua presença e permitimos que o Espírito Santo ministrado a nós. Bênçãos e grande graça para todos. 

 

Link da música

 

 

Letras em Português de “Frasco de Alabastro” 

 

A sala foi ficando vazia

Conforme ela foi caminhando para Jesus

Ela tropeçava nas lágrimas que a cegavam

Ela sentia tanta dor

Alguns falavam com raiva

Ouvia as pessoas falarem

Não há lugar aqui para o seu tipo

Ainda assim ela foi

Através da vergonha que cobria seu rosto

Até que, finalmente, ela se ajoelhou a seus pés

E embora ela não tenha dito nenhuma palavra

Tudo que ela disse foi ouvido (por ele)

Conforme ela derramava seu amor pelo o mestre

Do seu vaso de alabastro

 

E eu vim para derramar

O meu louvor à ele, como o óleo

Do vaso de alabastro de Maria

Não fique zangado se eu lavar seus pés com minhas lágrimas

E seca-los com meus cabelos

Você não estava lá na noite que Jesus me encontrou

Você não sentiu o que eu senti

Quando ele me envolveu em seus braços amorosos

E você não sabe quanto vale o óleo

Do meu vaso de alabastro

Eu não posso esquecer

O modo de vida que eu levava

Eu era uma prisioneira

Do pecado que me escravizava

Passei meus dias

Desperdiçando minha vida, sem controle

Em um pequeno tesouro

Que eu pensei que tinha encontrado

Até o dia que Jesus veio à mim

E curou minha alma

Com o seu maravilhoso amor

Então agora, eu estou dando de volta à ele

Todo o louvor de que ele é digno

Eu fui perdoada

E é por isso

Eu o amo tanto

E eu vim para derramar

O meu louvor à ele, como o óleo

Do vaso de alabastro de Maria

Não fique zangado se eu lavar seus pés com minhas lágrimas

E secar com meu cabelo

Você não estava lá na noite que Jesus me encontrou

Você não sentiu o que eu senti

Quando ele me envolveu em seus braços amorosos

E você não sabe quanto vale o óleo

Você não sabe quanto vale minha oração

Você não sabe quanto vale o óleo

Do meu vaso de alabastro

Read Full Post »

The Counsel of Ahithophel

This pandemic is not only affecting the health and economy of people, but also their faith and covenant with the holy scriptures.

There is a battle between those who are holding fast to the demand and the promises of the scriptures and those who have succumbed to counsel that is strategically formulated in the human intellect to achieve desired outcomes.

I have entitled my short exhortation “ The Counsel of Ahithophel”

This morning we will study the counsel of Atithophel given to Absalom after the revolt that caused David to flee from Jerusalem

We will take a closer look at the man Atithophel, a former strategist, advisor and counselor to David.

Ahithophel

He was the highly respected counselor to David. He served David with great distinction and he was renowned for his wisdom.

2 Samuel 16:23 Now the advice of Ahithophel, which he gave in those days, was as if one had inquired at the oracle of God. So was all the advice of Ahithophel both with David and with Absalom.

As outstanding as the wisdom of Atithophel was, this wisdom flowed from a natural, uniquely endowed fountain. Although he was a brilliant military strategist, all his plans were formulated in his human intellect. It is easy for an observer to believe that he he heard the voice of God; the scriptures say that his utterances were “as if one had inquired at the oracle of God”

2 Samuel 15:12 Then Absalom sent for Ahithophel the Gilonite, David’s counselor, from his city—from Giloh—while he offered sacrifices. And the conspiracy grew strong, for the people with Absalom continually increased in number.

The solicitation of Ahithophel was a significant victory for Absalom because he believed his father’s strength was in a gift, skill or talent. David’s strength is in the Name of the Lord. Although many believers know this, few believe it.

2 Samuel 15:31 Then someone told David, saying, “Ahithophel is among the conspirators with Absalom.” And David said, “O Lord, I pray, turn the counsel of Ahithophel into foolishness!”

When David received news of the defection of Ahithophel, the Bible says “David said”

It does not say that David called an assembly of his leaders to discuss the this new development; nor did David separate himself to pray.

The scriptures say “David said” to the Lord as part of that conversation. These are the little comments that ought to get our attention

In the course of a conversation, David, a man after God’s own heart, was able to influence God to cause the people to reject the counsel of Ahithophel; to turn the wisdom of Ahithophel’s counsel to foolishness.

It almost defies belief that the Lord will hear the request of David and respond immediately.

2 Samuel 17:23 Now when Ahithophel saw that his advice was not followed, he saddled a donkey, and arose and went home to his house, to his city. Then he put his household in order, and hanged himself, and died; and he was buried in his father’s tomb.

Immediately after David requested the help of the Lord, he would encounter Hushai who would prove to be a valuable resource to David. He became David’s eyes and ears in the sphere of Absalom and Ahithophel.

Let us carefully examine the counsel of Ahithophel….

2 Samuel 16:20 Then Absalom said to Ahithophel, “Give advice as to what we should do.” 21 And Ahithophel said to Absalom, “Go in to your father’s concubines, whom he has left to keep the house; and all Israel will hear that you are abhorred by your father. Then the hands of all who are with you will be strong.” 22 So they pitched a tent for Absalom on the top of the house, and Absalom went in to his father’s concubines in the sight of all Israel.

The objective of the counsel of Ahithophel was to discredit and dishonor David in the sight of all the people. Any counsel or strategy that violates the Word of God or promotes lawlessness, chaos and anarchy must be vociferously rejected as evil and wicked and is hostile to the emergence of a Godly culture.

Ahithophel was very comfortable in giving counsel that violated the Word of God. He must have known the Law concerning this evil counsel.

Leviticus 20:11 The man who lies with his father’s wife has uncovered his father’s nakedness; both of them shall surely be put to death. Their blood shall be upon them.

Individuals like Atithophel focus on achieving the objective of a wicked Absalom administration , irrespective of whether it agrees with the Word or not. This administration is single minded and focused on the dismantling and destroying the rule and governance of David.

He knew that this act of wickedness will ensure the death blow to the relationship between a father and his son. This act would erode the dignity and honor of David’s office and present him as a weak leader who is unable to rule over his ten concubines. The objective of the counsel of Ahithophel is to irreparably alienate David from his ten concubines.

Their relationship would be irreconcilable

The damage caused is not only in the physical act of defiling his father’s bed; while Absalom is with the concubines he is spreading a false narrative concerning his father, doing what Absalom does best; turning the hearts of the concubines from the heart of their beloved David.

Whilst the believers of the early church were going from house to house breaking bread, praising God and enjoying communal fellowship and having favor with all the people, Absalom was going from house to house, concubine to concubine, desecrating the honor, integrity and credibility of David.

If a lie is spoken and transmitted by a sufficient number of surrogates and minions, it will eventually be accepted as the truth. A psychological term for this is “gaslighting

This definition has been extracted from Wikipedia.

Gaslighting is a form of psychological manipulation in which a person or a group covertly sows seeds of doubt in a targeted individual or group, making them question their own memory, perception, or judgment, often evoking in them, cognitive dissonance and other changes including low self-esteem. Using denial, misdirection, contradiction, and misinformation, gaslighting involves attempts to destabilize the victim and delegitimize the victim’s beliefs. Instances can range from the denial by an abuser that previous abusive incidents occurred, to belittling the victim’s emotions and feelings, to the staging of bizarre events by the abuser with the intention of disorienting the victim.

Imagine this, with all the issues that David had to contend with, with all his challenges, his failures, God remained faithful to His Word, concerning the emergence of Christ from this particular lineage.

God could have changed his mind at any time.

Yet He shows us His Faithfulness to His Word spoken through His prophet Isaiah.

Isaiah 11:1 There shall come forth a Rod from the stem of Jesse,

And a Branch shall grow out of his roots.

We need to be strong and expectant; as soon as we confront the challenges, we have no doubt that we will see the Christ emerge from our midst.

Tradução portuguesa

(traduzido por Rafael Nogueira Rezende)

O Conselho de Aitofel

 

Essa pandemia não está afetando apenas a saúde e a economia das pessoas, mas também sua fé e aliança com as sagradas escrituras.

 

Há uma batalha entre aqueles que estão se apegando às exigências e promessas das escrituras e aqueles que sucumbiram ao conselho estrategicamente formulado no intelecto humano para alcançar os resultados desejados.

 

Eu intitulei minha breve exortação “O Conselho de Aitofel”

 

Esta manhã estudaremos o conselho de Atitofel dado a Absalão após a revolta que fez Davi fugir de Jerusalém.

 

Veremos mais de perto o homem Aitofel, ex-estrategista, conselheiro e conselheiro de Davi.

 

Aitofel

 

Ele era o conselheiro altamente respeitado de Davi. Ele serviu a Davi com grande distinção e era conhecido por sua sabedoria.

 

2 Samuel 16

23 E o conselho de Aitofel, o qual ele aconselhava naqueles dias, era como se um homem tivesse consultado um oráculo de Deus; assim era todo o conselho de Aitofel, tanto para Davi, como para Absalão. 

 

Por mais notável que fosse a sabedoria de Aitofel, essa sabedoria fluiu de uma fonte natural e exclusivamente dotada. Embora ele fosse um estrategista militar brilhante, todos os seus planos foram formulados em seu intelecto humano. É fácil para um observador acreditar que ouviu a voz de Deus; as escrituras dizem que suas declarações foram “como se alguém perguntasse ao oráculo de Deus”

 

2 Samuel 15

12 E Absalão enviou a Aitofel, o gilonita, o conselheiro de Davi, da sua cidade de Giló, enquanto ele oferecia sacrifícios. E a conspiração foi forte; porque o povo aumentava continuamente com Absalão.

 

A solicitação de Aitofel foi uma vitória significativa para Absalão, porque ele acreditava que a força de seu pai estava em um dom, habilidade ou talento. A força de Davi está no Nome do Senhor. Embora muitos crentes saibam disso, poucos acreditam.

 

 

2 Samuel 15

31 E contaram a Davi, dizendo: Aitofel está entre os conspiradores de Absalão. E Davi disse: Ó SENHOR, rogo-te, torna em loucura o conselho de Aitofel. 

 

Quando Davi recebeu a notícia da deserção de Aitofel, a Bíblia diz “Davi disse”

 

Não quer dizer que Davi convocou uma assembleia de seus líderes para discutir este novo desenvolvimento; nem Davi se separou para orar.

 

As escrituras dizem “Davi disse” ao Senhor como parte dessa conversa. Esses são os pequenos comentários que devem chamar nossa atenção

 

No decorrer de uma conversa, Davi, um homem segundo o coração de Deus, foi capaz de influenciar Deus para fazer com que o povo rejeitasse o conselho de Aitofel; para transformar a sabedoria do conselho de Aitofel em tolice.

 

É quase impossível acreditar que o Senhor ouvirá o pedido de Davi e responderá imediatamente.

 

2 Samuel 17

23 E quando Aitofel viu que o seu conselho não fora seguido, ele selou o seu jumento, e se levantou, e o levou para a sua casa, para a sua cidade, e pôs a sua casa em ordem, e se enforcou, e morreu, e foi enterrado no sepulcro do seu pai. 

 

Imediatamente após Davi ter pedido a ajuda do Senhor, ele encontraria Husai, que provaria ser um recurso valioso para Davi. Ele se tornou os olhos e ouvidos de Davi na esfera de Absalão e Aitofel.

 

Vamos examinar cuidadosamente o conselho de Aitofel….

 

2 Samuel 16

20 Então disse Absalão a Aitofel: Dá conselho entre vós sobre o que faremos.  21 E Aitofel disse a Absalão: Entra às concubinas do teu pai, as quais ele deixou para cuidar da casa; e todo o Israel ouvirá que tu és odioso ao teu pai; então, as mãos de todos os que estão contigo serão fortes.  22 Assim, eles armaram uma tenda para Absalão no topo da casa; e Absalão entrou às concubinas do seu pai à vista de todo o Israel. 

O objetivo do conselho de Aitofel era desacreditar e desonrar Davi aos olhos de todo o povo. Qualquer conselho ou estratégia que viole a Palavra de Deus ou promova a ilegalidade, o caos e a anarquia deve ser veementemente rejeitado como mau e perverso e é hostil ao surgimento de uma cultura piedosa.

 

Aitofel sentia-se muito confortável em dar conselhos que violavam a Palavra de Deus. Ele deve ter conhecido a Lei a respeito desse mau conselho

Levítico 20

11 E o homem que se deitar com a mulher de seu pai descobriu a nudez de seu pai; ambos, certamente, serão postos à morte; o seu sangue será sobre eles.

 

Indivíduos como Aitofel se concentram em alcançar o objetivo de uma administração perversa de Absalão, independentemente de concordar ou não com a Palavra. Esta administração está focada em desmantelar e destruir o governo e governo de Davi.

 

Ele sabia que esse ato de maldade garantirá o golpe mortal no relacionamento entre pai e filho. Este ato corroeria a dignidade e a honra do cargo de Davi e o apresentaria como um líder fraco, incapaz de governar suas dez concubinas. O objetivo do conselho de Aitofel é afastar Davi irreparavelmente de suas dez concubinas.

 

O relacionamento deles seria irreconciliável

 

O dano causado não está apenas no ato físico de contaminar a cama de seu pai; enquanto Absalão está com as concubinas, ele espalha uma falsa narrativa a respeito de seu pai, fazendo o que Absalão faz de melhor; transformando o coração das concubinas do coração de seu amado Davi.

 

Enquanto os cristãos da igreja primitiva iam de casa em casa partindo o pão, louvando a Deus e desfrutando da comunhão e tendo o favor de todas as pessoas, Absalão ia de casa em casa, de concubina em concubina, profanando a honra, integridade e credibilidade de Davi.

 

Se uma mentira for falada e transmitida por um número suficiente de substitutos e lacaios, ela será eventualmente aceita como verdade. Um termo psicológico para isso é “Gaslighting”(iluminação a gás).

 

Esta definição foi extraída da Wikipedia.

 

Gaslighting é uma forma de manipulação psicológica em que uma pessoa ou um grupo secretamente semeia sementes de dúvida em um indivíduo ou grupo alvo, fazendo-os questionar sua própria memória, percepção ou julgamento, muitas vezes evocando neles dissonância cognitiva e outras mudanças, incluindo baixo autoestima. Usando a negação, a direção errada, a contradição e a desinformação, a iluminação a gás envolve tentativas de desestabilizar a vítima e deslegitimar as crenças da vítima. As instâncias podem variar desde a negação por um agressor de que ocorreram incidentes abusivos anteriores, a depreciação das emoções e sentimentos da vítima, até a encenação de eventos bizarros pelo agressor com a intenção de desorientar a vítima.

 

Imagine isso, com todas as questões que Davi teve que enfrentar, com todos os seus desafios, seus fracassos, Deus permaneceu fiel à Sua Palavra, a respeito do surgimento de Cristo desta linhagem em particular.

 

Deus poderia ter mudado de ideia a qualquer momento.

Mesmo assim, Ele nos mostra sua fidelidade à palavra falada por meio de Seu profeta Isaías.

 

Isaías 11

1 E sairá um ramo do tronco de Jessé, e um Renovo se brotará das raízes dele.

 

Precisamos ser fortes e expectantes; assim que enfrentarmos os desafios, não temos dúvidas de que veremos o Cristo emergir de nosso meio.

Read Full Post »

Older Posts »